nsc
hora_de_sc

PMF

Dibea amplia visitação de interessados em adotar um animalzinho

Com o atendimento aos sábados, Diretoria de Bem-Estar Animal de Florianópolis pretende facilitar o acesso aos animais disponíveis para adoção

30/06/2021 - 08h35 - Atualizada em: 15/07/2021 - 09h44

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Com a abertura aos sábados, Dibea pretende facilitar o acesso da população
Com a abertura aos sábados, Dibea quer facilitar o acesso da população
(Foto: )

Em pouco mais de um ano de pandemia, o Brasil registrou o crescimento de 70% no número de animais abandonados em relação ao ano anterior, segundo dados da AMPARA Animal, organização apoia ONGs e protetores independentes em todo o país.

> Adoção responsável: cães e gatos esperam por um lar na Dibea Florianópolis

Desde março de 2020, início da pandemia, a Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea) registrou queda de cerca de 45% no número de adoções realizadas na instituição, enquanto isso – somente em 2020, foram realizados mais de 250 resgates de animais abandonados, muitos deles atropelados, ou vítimas de maus-tratos. Mesmo com a recente obra de ampliação e melhoria das instalações da Dibea, o aumento dos resgates e a queda das adoções resultam em uma equação que faz com que a capacidade de atendimento esteja perto do limite.

A fim de equilibrar os números, o órgão vem intensificando as ações para promover a adoção responsável. Além de nova estratégia de publicações nas redes sociais, a Diretoria de Bem-Estar Animal começou a abrir as portas aos sábados para receber pessoas interessadas em adotar um pet. Com isso, pretende tornar mais fácil o processo de adoção. e aumentar o acesso da população aos animais.

— Durante a semana, a Dibea atende em horário comercial, restringindo as visitações. Com a abertura aos sábados, pretendemos facilitar o acesso da população aos animais disponíveis e, assim, aumentar as chances de adoção — explica a diretoria da Dibea.

> Conselho Municipal de Direitos LGBT+ tem o desafio de minimizar os impactos negativos da pandemia

A direção complementa explicando que o atendimento aos sábados é exclusivo para visitação de possíveis adotantes. Os atendimentos veterinários continuam acontecendo de segunda a sexta-feira, das 8 h às 17 h.

PMF
Billi aguarda um tutor
(Foto: )

Cerca de 180 animais esperam por um lar na Capital

Entre gatos e cachorros, atualmente, a Diretoria de Bem-Estar Animal mantém a tutela de cerca de 180 animais disponíveis para adoção. Parte desses animais tem histórico de abandono e maus-tratos, o que torna ainda mais importante os cuidados para que todo o processo seja feito de forma responsável e consciente.

— O atendimento realizado pelas equipes da Dibea vai muito além dos cuidados básicos de saúde, alimentação e higiene, mas mesmo recebendo carinho e toda a atenção, sabemos que um abrigo não substitui um lar, e esses animaizinhos merecem ter uma família e um lugar para viver com amor e segurança. Ampliando as visitações, agora possíveis também aos sábados, esperamos proporcionar mais encontros entre animais à espera da adoção e pessoas que desejam adotar um novo companheiro — afirma o prefeito de Florianópolis.

PMF
Esses filhotes podem ser visitados também aos sábados
(Foto: )

Lar temporário permite que mais animais sejam atendidos

Por estar perto chegando ao limite da capacidade física da Dibea, além da adoção responsável, a Diretoria tem trabalhado para ampliar os lares temporários, isto é, pessoas que têm disponibilidade de tempo e espaço para abrigar cães ou gatos temporariamente, enquanto aguardam a adoção definitiva.

> SC lança “campanha do agasalho” para pets em Florianópolis; veja como ajudar

Com isso, espera-se liberar espaço físico e permitir que as equipes possam realizar novos resgates e atendimentos a animais abandonados, atropelados ou vítimas de maus-tratos.

Voluntários interessados em oferecer lar temporário para os animais devem entrar em contato pelo WhatsApp (48) 99628-9407. Já quem deseja adotar um animal de estimação na Dibea pode visitar as instalações de segunda a sexta-feira, das 9 h às 17 h, e aos sábados, das 13h30 às 17h30. A Diretoria de Bem-Estar Animal de Florianópolis está localizada na SC-401, nº 114, Itacorubi.

PMF
O Breu pode ser levado para casa por um morador de Florianópolis
(Foto: )

Tanto para adotar quanto para ser lar temporário, é preciso ter mais de 18 anos, ser morador de Florianópolis e apresentar RG e CPF para iniciar o processo. Os animais serão entregues na residência, por uma equipe da Dibea, após vistoria no local.

Leia também

5 dicas para estimular o aprendizado das crianças durante a pandemia

Ondas quase viram barco de pesca em praia de Florianópolis; veja vídeo

Serra catarinense oferece acomodações para todos os gostos; conheça as possibilidades

Colunistas