nsc
dc

Repercussão

Doria e Maia criticam Bolsonaro após nota à Nação: 'rato', 'frouxo e covarde'

"Frouxo e covarde" escreveu Maia, enquanto que Doria comemorou o "grande dia"

09/09/2021 - 17h30 - Atualizada em: 09/09/2021 - 17h40

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Manifestações ocorrem logo após Bolsonaro recuar em relação aos ataques contra STF e Congresso Nacional
Manifestações ocorrem logo após Bolsonaro recuar em relação aos ataques contra STF
(Foto: )

Desafetos de Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), usaram as redes sociais para repercutir a "nota à Nação" divulgada nesta quinta-feira (9) pelo presidente da República. 

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Entenda por que caminhoneiros bloqueiam rodovias desde 7 de setembro

No texto, e em meio a crises institucional e dos caminhoneiros, o chefe de Estado diz que a fala dele no ato de 7 de setembro ocorreu "no calor do momento" e que não teve "intenção de agredir quaisquer dos Poderes".

Logo após a publicação, os políticos de oposição se manifestaram: “Frouxo e covarde”, escreveu Maia ao compartilhar a declaração de Bolsonaro. Já Doria, comemorou com um "Grande dia", ao dizer que "o leão virou um rato".

A nota à Nação foi publicada no site do Palácio do Planalto logo após encontro com o ex-presidente Michel Temer (MDB), como um claro recuo do tom ameaçador e antidemocrático das últimas semanas.

Veja ambas as manifestações:

Leia também

Aliado de Bolsonaro, João Rodrigues diz que fechar STF é "maluquice" e admite risco de impeachment

"Ninguém fechará essa Corte", diz ministro Luiz Fux em resposta do STF a Bolsonaro

Após discurso de Bolsonaro, Justiça de SC pede respeito às decisões do STF

Rodrigo Maia diz que Bolsonaro é gay e não consegue assumir; veja vídeo

Colunistas