nsc
dc

Segurança pública

Ecstasy e LSD são as drogas sintéticas mais apreendidas em SC; relembre as maiores operações

Estado teve a maior apreensão de ecstasy do país esta semana, em um laboratório montado em um sítio de Imaruí

24/09/2021 - 06h01

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
PM apreendeu mais de 230 mil comprimidos em laboratório de drogas sintéticas em Imaruí, no Sul de SC
PM apreendeu mais de 230 mil comprimidos em laboratório de drogas sintéticas em Imaruí, no Sul de SC
(Foto: )

O total de comprimidos de ecstasy apreendidos em uma operação nesta quarta-feira (22) em Imaruí, no Sul do Estado, representa mais do que a quantidade capturada do mesmo entorpecente nos últimos dois anos inteiros em Santa Catarina. É a droga sintética mais apreendida no Estado, seguida pelo LSD.

PM catarinense faz a maior apreensão de ecstasy da história do Brasil

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Na operação desta semana, que foi a maior apreensão de ecstasy da história do país, segundo a Polícia Militar de SC, 239 mil comprimidos da droga foram apreendidos pela em um sítio usado como laboratório de drogas sintéticas.

Na soma de 2019 e 2020, SC teve 174,8 mil unidades da droga recolhidas em operações policiais. Os números são da Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP-SC).

Entre as drogas sintéticas, o ecstasy é com sobras a droga com maior quantidade de apreensão nos últimos anos em SC. Somente em 2021, os números da SSP mostram que tinham sido recolhidos 153,3 mil comprimidos entre janeiro a julho – os dados ainda não reúnem o balanço de agosto e setembro.

Depois do ecstasy, a droga em maior quantidade apreendida em SC é o LSD, com 15 mil unidades. Em terceiro lugar está o grupo de "outras drogas", que reúne outros produtos entorpecentes não listados na relação da SSP, e que tiveram 5,6 mil unidades apreendidas.

No balanço desde 2019, a ordem seguida por ecstasy, LSD e outros entorpecentes se mantém no balanço de apreensão de drogas sintéticas em SC. Nesse compilado, o Estado registra 405 mil unidades de ecstasy apreendidas desde 2019 - sem contar as 239 mil desta semana em Imaruí.

Esses dados da SSP contemplam apenas as chamadas drogas sintéticas, produzidas em laboratório. Quando considerados os números de todas as drogas, os entorpecentes que lideram as apreensões em SC ainda são maconha (75,5 toneladas entre 2019 e 2021), cocaína (2,9 toneladas) e crack (749 quilos).

As maiores apreensões de ecstasy em SC

Antes da apreensão desta quarta-feira em Imaruí, houve pelo menos três grandes operações com recolhimento de drogas sintéticas no Estado dos últimos anos. Confira:

Abril de 2021

Cidade: Balneário Camboriú

Quantidade: 100 mil comprimidos

Operação da Polícia Civil apreendeu 100 mil comprimidos de êcstasy em abril de 2021
Operação da Polícia Civil apreendeu 100 mil comprimidos de êcstasy em abril de 2021
(Foto: )

A Operação @Express foi efetuada em 16 de abril deste ano e resultou no recolhimento de 100 mil comprimidos de êcastasy. Era a maior apreensão da droga desde 2019 até a ação desta semana em Imaruí.

Na ocasião, a Polícia Civil prendeu 13 pessoas e desarticulou uma organização criminosa que seria responsável por tráfico de drogas sintéticas de Balneário Camboriú para outros estados. Foram recolhidos ainda R$ 900 mil em dinheiro.

A ação foi coordenada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú e contou com o apoio de cerca de 170 policiais civis de diferentes regiões. Foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão também em Camboriú, Itajaí, Laurentino e Curitiba.

Setembro de 2020

Cidades: Camboriú e Balneário Camboriú

Quantidade: 45 mil comprimidos

Apreensão da Polícia Militar recolheu 45 mil comprimidos de êcstasy em Camboriú e Balneário Camboriú em 2020
Apreensão da Polícia Militar recolheu 45 mil comprimidos de êcstasy em Camboriú e Balneário Camboriú em 2020
(Foto: )

A segunda maior apreensão de êcastasy em SC desde 2019 ocorreu em setembro de 2020. Na oportunidade, a Polícia Militar prendeu três pessoas e apreendeu cerca de 45 mil comprimidos de êcstasy, além de outras drogas. O volume foi responsável por quase todo o total de 54 mil comprimidos apreendidos naquele mês, que era o segundo maior em quantidade apreendida até julho deste ano, segundo os dados da SSP.

A PM encontrou as drogas com um casal que foi abordado em um carro, em Camboriú. O homem tinha 36 anos e a mulher, 40. Após encontrar um pacote de êcstasy no carro, os policiais foram até a casa onde eles moravam, em Balneário Camboriú. No local, um amigo dos dois, de 28 anos, foi preso, e o restante das drogas foi apreendido na casa e em quitinetes alugadas pelo casal.

No total, a PM apreendeu um verdadeiro coquetel de drogas. Além dos 45 mil comprimidos de êcastasy, havia cinco quilos de MDMA, 493 micropontos de LSD, 259 gramas de skunk, 1,7 quilo de maconha, 18 frascos de anabolizantes, 1,8 litro de lança-perfume, duas balanças, dois celulares e R$ 3,4 mil em dinheiro.

Dezembro de 2019

Cidade: Camboriú

Quantidade: 25 mil comprimidos

Operação conjunta de Polícia Civil e PRF apreendeu 25 mil comprimidos de êcstasy com motorista de 29 anos
Operação conjunta de Polícia Civil e PRF apreendeu 25 mil comprimidos de êcstasy com motorista de 29 anos
(Foto: )

Ainda em dezembro de 2019, uma ação conjunta da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Itapema apreendeu 25 mil comprimidos de êcstasy.

A droga estava com um homem de 29 anos, que foi preso em flagrante. Ele trafegava pela BR-101 com um automóvel Renegade, mas fugiu e abandonou o veículo no acostamento durante a tentativa de abordagem. Ele foi alcançado e preso na região do bairro Monte Alegre, em Camboriú. Os pacotes de êcstasy estavam escondidos embaixo do sistema de gás GNV e divididos em 25 sacos.

Leia também

Mais de 170 mulheres denunciam casos de violência doméstica por dia em SC

Deputados mantêm veto de Moisés a percentual maior do IPVA para as estradas de SC

Motorista é flagrado usando rodo como limpador de para-brisa em Curitibanos

Colunistas