nsc
nsc

Cidadania

Educação cristã: como os princípios religiosos contribuem para o desenvolvimento dos estudantes

Projeto vai além das matérias básicas e conecta alunos a valores para a vida toda.

02/12/2021 - 16h17 - Atualizada em: 03/12/2021 - 17h51

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Valores como humildade, respeito, honestidade e amor ao próximo são ensinados aos alunos desde a educação infantil.
Valores como humildade, respeito, honestidade e amor ao próximo são ensinados aos alunos desde a educação infantil.
(Foto: )

Matemática, Português, História e Literatura são algumas das disciplinas que fazem parte da grade escolar porque fornecem o conteúdo necessário para expandir o conhecimento dos alunos e levá-los a decidir qual carreira seguir. Mas não só de contas e ortografia vive o ser humano — princípios, valores e saber viver em sociedade são componentes fundamentais para construir uma vida com significado e genuinamente feliz.

Amor ao próximo, autocontrole, respeito, honestidade, empatia, altruísmo e humildade. Com esses valores ensinados e enraizados desde a infância, é certo de que os pequenos se tornarão não apenas indivíduos melhores, mas também mais realizados. Além de despertar o senso crítico, incentivar a igualdade, combater o preconceito e promover o cuidado com o meio ambiente, os princípios religiosos colocam o próximo como alguém que deve ser amado e acolhido. E acredite: ajudar quem está ao seu lado faz bem à saúde.

Segundo estudo publicado no jornal científico americano Psychosomatic Medicine, oferecer apoio a outras pessoas ativa áreas do cérebro relacionadas ao estresse e à recompensa, desencadeando benefícios físicos e mentais. Para colher os frutos do ensino religioso, os pais podem optar por matricular os filhos em escolas que oferecem a educação cristã durante o ano letivo.

Foco na formação de cidadãos

Jean Piaget, biólogo e psicólogo do século XX, acreditava que toda moral vem de regras, e que os valores surgem da afetividade. Isto é, o investimento afetivo que as crianças realizam em suas relações interpessoais gera a valorização das pessoas e suas ações. Isso mostra como a educação religiosa pode fazer a diferença no desenvolvimento dos alunos. Uma escola que ensina princípios não foca somente em formar profissionais competentes, mas cidadãos exemplares. Respeitar regras, pensar no coletivo e cumprir os deveres impostos são os pilares da cidadania que fazem a diferença na sociedade.

Os Colégios Salesianos de Itajaí e Balneário Camboriú, acreditam na educação cristã como parte da construção acadêmica, pessoal e social. Eles integram a Rede Salesiana Brasil (RSB), uma das maiores redes católicas de educação das Américas, reunindo 106 escolas, 15 universidades, 5 mil educadores e 80 mil estudantes. Para a professora de formação religiosa Cassiana Ferreira, o Colégio aposta na educação integral.

— O ser humano é constituído de diversas dimensões: corporal, psíquica e intelectual. O aspecto religioso é parte dessa totalidade e, igualmente, desenvolve-se em um processo que perdura todo o ciclo da vida — afirma.

> Gaspar lança projeto especial de reforço à educação de alunos com autismo

Entretanto, é importante cultivar esse lado desde cedo e durante toda a vida.

— Na infância se colocam bases, adequadas à compreensão da criança, cultivando o imagético religioso e permitindo-lhe uma relação afetiva com o sagrado. É fundamental que em cada etapa do desenvolvimento essa relação com o transcendente aconteça, de modo a permitir que amadureça ao longo da vida — completa Cassiana.

Projeto aborda a vida cristã na sala de aula

O Projeto Identità, implementado no Colégio Salesiano de Itajaí e de Balneário Camboriú, é um itinerário formativo de educação à fé, com o objetivo de incentivar o trabalho da pastoral nos primeiros anos do Ensino Fundamental. Ele visa apresentar o Evangelho de forma criativa, com encontros enriquecedores e materiais bem elaborados.

— O Projeto Identità é o resultado do trabalho de muitas mãos, mentes e corações, educadores e educadoras de diversas escolas salesianas. Partiu do grande sonho de atualizar o mandato salesiano de “tornar Jesus Cristo conhecido e amado”, especialmente pelas crianças — conta a professora Cassiana, uma das idealizadoras do projeto.

— Através de recursos lúdicos e utilizando da contação de histórias próprias da identidade salesiana, os valores de Jesus Cristo e seu Evangelho ganham espaço no imaginário infantil — completa.

Valores para a vida: projeto do Colégio Salesiano ensina princípios cristãos aos alunos desde os primeiros anos da educação infantil.
Valores para a vida: projeto do Colégio Salesiano ensina princípios cristãos aos alunos desde os primeiros anos da educação infantil.
(Foto: )

O resultado dessa construção os pais dos estudantes percebem fora da escola. Danielle de Carvalho Paixão Felipe, nota as diferenças no comportamento da filha Dandara, aluna do 2º ano do Colégio Salesiano.

— A diferença no comportamento é imensa. A forma como os professores explicam desperta sentimentos e opiniões dentro dela. Eu percebo ela evoluindo na questão de empatia, de amizade e de relacionamentos, além do convívio com as diferenças — frisa Danielle.

Para uma educação ainda mais assertiva e profunda, os pais devem participar em casa.

— Nós participamos de forma pontual nas atividades, tanto nas tarefas do dia a dia quanto naquelas realizadas em sala de aula. Ela nos passa tudo, conversa conosco sobre tudo, principalmente sobre aquelas atividades que fogem da rotina. Isso nos agrada, pois ficamos por dentro do processo de aprendizagem e desenvolvimento dos nossos filhos — afirma Danielle.

Respeito à diversidade e à pluralidade religiosa faz parte da instituição

Embora o Colégio Salesiano seja uma instituição católica, não há dificuldades nem obstáculos na integração de alunos de outras religiões.

— O Colégio Salesiano acolhe cada aluno e família na sua diversidade, prezando sempre pelo respeito e convivência harmoniosa, como ensina o Evangelho de Jesus. Não temos a catequese, própria da igreja católica, mas aulas de ensino religioso, que trabalham valores, como o respeito, o cuidado com o outro, a solidariedade, enfim, valores que são universais — esclarece Cassiana.

Os alunos também sentem o impacto da educação cristã no dia a dia. Bianca Colussi Teixeira, aluna do 2º ano, compartilha:

— O ensino religioso me ajuda nas brincadeiras com os amigos, quando a gente está brincando e um amigo se machuca eu vou ajudar e levantar ele.

Já a Alice Knoll, também aluna do segundo ano, complementa:

— Eu aprendi que a gente sempre tem que falar a verdade para os amigos e se tiver alguma coisa nos incomodando pode falar também. Que a gente tem que cuidar e não deve brigar nem bater - destaca Alice.

Conheça toda a estrutura do Colégio Salesiano Balneário Camboriú no site.

O site do Colégio de Itajaí você encontra neste link.

Leia também

Tecnologia 5G terá velocidade cem vezes superior à última versão disponível

1º Centro de Inovação Social em Florianópolis tem como foco o fomento de novos empreendedores com o olhar para a comunidade

Colunistas