nsc
    dc

    São Paulo

    Ricardo Nunes e Luiza Erundina: conheça os candidatos a vice-prefeito de São Paulo

    Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL) estão no segundo turno com 48% e 40% dos votos, respectivamente

    25/11/2020 - 13h02

    Compartilhe

    Isadora
    Por Isadora Nolf
    Candidatos a vice-prefeito de São Paulo
    Ricardo Nunes (MDB) e Luiza Erundina (PSOL)
    (Foto: )

    Em São Paulo, cidade mais populosa e econominamente ativa do país, o segundo turno das eleições 2020 estão divididas entre o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL). Na campanha, os candidatos a vice-prefeito da cidade são Ricardo Nunes (MDB) e Luiza Erundina (PSOL), respectivamente.

    > Covas x Boulos: dias decisivos para o 2º turno em São Paulo

    Ricardo Luíz Reis Nunes (MDB)

    Atualmente cumprindo seu segundo mandato como vereador do MDB, Nunes é advogado e em 1997 fundou a Nikkey, uma empresa de controle de pragas urbanas. Foi diretor da Associação Empresarial da Região Sul de São Paulo (Aesul) e fundou a Associação das Empresas Controladoras de Pragas do Estado de São Paulo (Adesp) e a Associação Brasileira das Empresas de Tratamento Fitossanitário e Quarentenário (Abrafit).

    > Segundo turno das Eleições 2020: data, prazos e calendário eleitoral

    > Eleitores chegam atrasados e não conseguem votar em São Paulo

    Ricardo foi escolhido por Bruno Covas por recomendação de João Doria, atual governador de São Paulo. Iniciou a vida política aos 18 anos e foi eleito para a Câmara Municipal na segunda tentativa em 2012, sendo reeleito em 2016.

    O vereador integra a "bancada da bíblia". Apoiou o projeto Escola Sem Partido e é contra a discussão de gênero nas escolas. Nunes está ligado ao inquérito da máfia das creches, prorrogado em outubro deste ano.

    Luiza Erundina de Sousa (PSOL)

    Erundina é assistente social, atualmente cumprindo o sexto mandato como deputada federal. Foi a primeira prefeita da cidade, eleita em 1988 pelo PT, e trabalhou com foco na saúde e educação, voltada principalmente para as periferias de São Paulo. Também foi vereadora e ministra da Secretaria da Administração Federal do governo Itamar Franco, o que encerrou sua relação com o PT.

    > Tire suas dúvidas sobre as urnas eletrônicas

    A candidata tem 85 anos e faz parte do grupo de risco do novo coronavírus. Por isso, busca fazer campanha afastada do público, em uma caminhonete adapatada com barreiras acrílicas para evitar contato. Erundina teve desavenças com Marta Suplicy, ex-prefeita também pelo PT, ao afirmar ela reduziu o orçamento da Secretaria da Educação durante seu mandato. Marta se pronunciou nas redes sociais, dizendo que a afirmação é fake news.

    > "A vacina é que vai nos salvar, não é a ideologia, política ou processo eleitoral", diz Doria

    Luiza Erundina é uma peça-chave na campanha de Boulos para conquistar a população periférica de São Paulo, considerando principalmente sua política enquanto prefeita. O candidato compara Luiza a Ricardo Nunes com frequência, dizendo "Quem é Nunes?".

    Como votar com segurança contra o coronavírus no segundo turno

    O segundo turno acontece no domingo (29) em meio à segunda onda da pandemia do novo coronavírus. Por isso, é necessário seguir as recomendações e tomar cuidado no dia da votação.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas