nsc
nsc

TAB energia

Energia solar mais acessível: Linhas de crédito facilitam investimento em painéis fotovoltaicos

A TAB energia, empresa referência no setor, conta com instituições financeiras parceiras que oferecem facilidades na aquisição de projetos solares

26/05/2021 - 08h55 - Atualizada em: 01/06/2021 - 08h25

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Energia solar mais acessível
De acordo com estudo da Carbon Tracker, o preço da geração de energia solar caiu 89% em dez anos.
(Foto: )

Com energia limpa, renovável e de baixo impacto ambiental, a implantação de sistemas solares fotovoltaicos passa a atrair cada vez mais consumidores e empresas, preocupados com os custos com a energia elétrica e também com a sustentabilidade do meio ambiente.

A incerteza quanto aos valores devido às bandeiras tarifárias, com expectativa de aumento por causa da falta de chuvas, também favorece a escolha de uma forma diferenciada de lidar com as matrizes energéticas.

> Despesa com energia elétrica pode representar até 40% dos custos de produção nas empresas

Mesmo com o abatimento na fatura com o passar dos anos, a maior preocupação na hora de instalar os painéis é com o investimento inicial. No entanto, o avanço da tecnologia, difundida para mais empresas especializadas nesse ramo em todo o mundo tornou menor esse custo de aquisição. 

De acordo com o estudo da Carbon Tracker, o preço da geração de energia solar caiu 89% em dez anos. E, segundo a Our World in Data, publicação científica on-line que possui parceria com a Universidade de Oxford, quanto mais sistemas solares são construídos, aumentando a capacidade de energia renovável, o preço dela diminui.

Custo-benefício

Os módulos fotovoltaicos possuem duração de mais de 25 anos. A partir de três ou quatro anos, já é possível ter o retorno financeiro total do investimento em abatimento na fatura de energia. Mas isso muda de acordo com o sistema implantado e a energia utilizada por cada propriedade.

Renan Gustavo Kühl, Diretor Técnico na TAB energia, destaca que com o aumento da oferta de módulos no mercado de novas tecnologias de fabricação, os preços baixaram de forma expressiva e tornaram o investimento ainda mais viável.

— A pandemia freou um pouco esta baixa por escassez de produto no mercado e também com o aumento do dólar que está intimamente ligado com o fornecimento do gerador fotovoltaico. Por outro lado, a conta de luz também aumentou bastante e ainda terá aumentos expressivos devido aos subsídios oferecidos durante a pandemia. Por isso, o investimento no gerador fotovoltaico está cada vez mais atrativo. Quem está esperando maiores baixas do dólar, entre outros fatores, está deixando de ganhar muito dinheiro com a economia proveniente dos geradores fotovoltaicos — reforça o especialista.

Projeto ACIJ - TAB energia
Energia solar tem se tornado mais acessível devido ao avanço da tecnologia e linhas de crédito para o setor.
(Foto: )

Além da ampliação de fornecedores, o aumento de linhas de crédito facilita a adesão a esse tipo de tecnologia. Atentas às demandas atuais quando se fala em sustentabilidade, as instituições financeiras oferecem condições de crédito diferenciadas para que pessoas físicas e jurídicas possam usufruir das vantagens desse sistema.

Michel Kazmierski, Diretor Comercial na TAB energia, comenta que para projetos comerciais e industriais, existem diversas linhas de crédito atrativas que possibilitam o acesso à energia solar.

— Cooperativas como Sicredi, Sicoob, Acredicoop e demais cooperativas do sistema Ailos e Unicred trabalham com indexadores pré e pós-fixados a taxas que giram em torno de 0,50% + CDI com prazos de pagamento que chegam a até 120 meses. A carência também é compatível com o projeto e pode ser de 3 a 6 meses. Todos os dados devem ser validados com o agente financeiro parceiro da TAB e nós ajudamos a construir o melhor Project Finance para atender a um projeto de alto rendimento — explica o diretor.

Também há opções de financiamento encontradas em bancos como Santander e em instituições de desenvolvimento como Fomento Paraná, Badesc, Badesul, BNDES, Pronaf Eco e Inova Agro.

No BRDE, por exemplo, o banco cobra a Selic + 5,05% ao ano, com prazo de pagamento de até dez anos, com carência de dois anos. O banco financia implantação, modernização ou repotencialização de unidades geradoras de energias renováveis.

> Energia solar oferece benefícios sustentáveis e econômicos para empresas

— Caso o investidor tenha acesso a linhas subsidiadas pelo governo Federal, a TAB é distribuidor oficial dos produtos WEG e possui código FINAME para operar linhas como Fundo Clima, Pronamp e Pronaf — completa Kazmierski.

Sobre a TAB energia

A TAB energia é uma empresa de energia renovável focada em geração de energia solar fotovoltaica, localizada em Joinville, Santa Catarina. Criada em 2016, é especialista em projetos para comércios, indústrias, e agronegócio com equipe composta por mais de 10 engenheiros. Possui instalações de painéis principalmente em todo o estado catarinense e no Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul.

A empresa conta com uma grande rede de parcerias com cooperativas de créditos e auxilia o cliente em todas as etapas do processo para a migração ao uso da energia renovável. Realiza estudo de viabilidade, laudo estrutural e ajuda o cliente a encontrar linhas de financiamento disponíveis. Além disso, conta com equipe de sucesso do cliente e um programa de indicações chamado Amigos do Sol, onde cada indicação pode ser recompensada caso o cliente também contrate um projeto.

Quer economizar nos gastos com energia na sua empresa? Veja as opções disponíveis na TAB energia.

Leia também

Geração repensa mobilidade urbana e aposta em transporte sustentável

Vocações: as potencialidades e os desafios das sete capitais de SC

Produtos artesanais conquistam cada vez mais consumidores

Colunistas