nsc
dc

Futebol

Entorno da final do Catarinense teve carreata pré-jogo, provocação e até "comemoração" pelo vice

Torcedores do Brusque fizeram recepção aos atletas e celebraram boa campanha da equipe, mas festa ficou por parte dos jogadores da Chape

13/09/2020 - 19h39

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Torcedores do Brusque tentaram incentivar o time com recepção antes do jogo, mas festa final foi da Chape
Torcedores do Brusque tentaram incentivar o time com recepção antes do jogo, mas festa final foi da Chape
(Foto: )

Brusque viveu uma tarde diferente neste domingo (13) com a final do Campeonato Catarinense 2020. A Chapecoense se sagrou campeã pela sétima vez e consagrou a campanha de recuperação feita na segunda metade do campeonato.

> Treinador da Chape destaca virtudes da equipe na trajetória até o título

O fato de o Brusque chegar mais uma vez à final do Estadual depois de 28 anos empolgou a cidade de Brusque. A possibilidade de a equipe conquistar o segundo título da competição na história do clube levou o torcedor ao Estádio Augusto Bauer, ainda que a partida tivesse portões fechados por conta da pandemia do novo coronavírus.

Recepção pré-jogo

Torcida do Brusque preparou recepção aos atletas antes da final
Torcida do Brusque preparou recepção aos atletas antes da final
(Foto: )

Antes da partida, teve provocação de torcedores da Chapecoense, que deixou faixas de incentivo à equipe na região do estádio. Os torcedores do Brusque que foram ao local de jogo mesmo com as recomendações de evitar aglomeração por causa da covid-19 receberam o elenco do Brusque com uma carreata e faixas de incentivo. Nesse momento, foi possível perceber torcedores que não respeitaram o distanciamento e o uso correto de máscaras.

“Comemoração” pelo vice

Torcida tentou empurrar time, mas valorizou boa campanha do Brusque na competição
Torcida tentou empurrar time, mas valorizou boa campanha do Brusque na competição
(Foto: )

Dentro de campo, o Brusque não conseguiu reverter a vantagem construída pela Chape no jogo de ida. O Verdão do Oeste venceu novamente no segundo jogo da decisão, por 1 a 0, com gol de Anselmo Ramon. Mesmo assim, o vice-campeonato não foi motivo de completa decepção da torcida brusquense. A campanha do time, que chegou a ser apontado como sensação da competição, foi valorizada com uma breve reunião de torcedores em “comemoração” pelo vice-campeonato ao lado do estádio.

> Delegado revela dificuldade em identificar invasores do Scarpelli

Festa pelo lado da Chape

Capitão Alan Ruschel ergueu a taça para a Chapecoense
Capitão Alan Ruschel ergueu a taça para a Chapecoense ao fim do jogo
(Foto: )

Do lado da Chape, os jogadores fizeram a festa no campo e no vestiário do Augusto Bauer. Com os tradicionais gritos de “Vamo, Vamo Chape”, os atletas comemoraram o título, conquistado após uma campanha de recuperação da equipe, que chegou a figurar entre os dois últimos na primeira fase, mas se reabilitou a tempo de se classificar e arrancar na segunda fase, após o retorno do futebol.

Brusque promissor em 2020

Elenco do Brusque foi recebido com festa e agora volta olhar para Copa do Brasil e Série C
Elenco do Brusque foi recebido com festa e agora volta olhar para Copa do Brasil e Série C
(Foto: )

O otimismo da torcida permanece em alta porque o Brusque ainda está vivo na Copa do Brasil, onde o time vai disputar a quarta fase da competição contra o Ceará. O jogo de ida, no Estádio Augusto Bauer, ocorre já na próxima quarta-feira. Essa é a vez em que a equipe chega mais longe na competição nacional.

Além disso, o time tenta o acesso na Série C do Campeonato Catarinense. Atualmente, a equipe do Vale do Itajaí é líder do grupo B e busca um lugar na segunda divisão do futebol nacional.

Chape de olho em volta à elite

Em clima de festa após o título, Chape terá pela frente desafio de manter boa sequência na Série B
Em clima de festa após o título, Chape terá pela frente desafio de manter boa sequência na Série B
(Foto: )

A Chape, por sua vez, volta suas atenções à Série B do Campeonato Brasileiro, onde hoje é a quarta colocada e está no grupo de acesso à Série A. Os campeões deste domingo voltam a campo pela competição nacional na sexta-feira (19), para enfrentar o Náutico, em Pernambuco.

> Avaí sofre a quinta derrota no Campeonato Brasileiro

Colunistas