A exportação de frango catarinense em março chegou a 104,7 mil toneladas e gerou receita de 219,5 milhões de dólares, de acordo com o boletim agropecuário de abril da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). Os resultados são os maiores desde maio de 2019, tanto em valor quanto em quantidade.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Em março, houve aumento de 32% no volume de exportação de frango em relação ao mês anterior, e 28% no valor das receitas geradas.

Nos três primeiros meses do ano, Santa Catarina exportou um total de 279,3 mil toneladas, somando 602,2 milhões de dólares. O Estado foi responsável por 23,8% das receitas geradas pelas exportações brasileiras de carne de frango no primeiro trimestre de 2023.

Banana

Outro destaque do boletim agropecuário da Epagri é sobre a produção de banana em Santa Catarina. Com o aumento da demanda, a safra aumentou e chegou a 5 mil toneladas por mês, voltando aos patamares de 2019.

Continua depois da publicidade

​​Nos primeiros três meses do ano, o valor negociado da banana de Santa Catarina nas centrais de abastecimento nacionais foi de R$ 41,2 milhões, aumento de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior. O volume foi de 16,7 mil toneladas.

Milho

Após dois anos de frustração, em função da estiagem, a safra catarinense de milho 2022/23 pode ser considerada “satisfatória”, de acordo com a Epagri. Já foram colhidos 76% do total cultivado, com estimativa de produção de 2,69 milhões de toneladas.

No entanto, os preços pagos aos produtores estão nos menores valores desde outubro de 2020, com redução de 5,7% entre fevereiro e março de 2023.

Leia também

SC exporta US$ 2,7 bilhões até março e alcança segundo maior preço por tonelada do Brasil

Comércio exterior de SC enfrenta falta de profissionais e de tecnologia

Exportações e importações de SC somam US$ 41 bilhões em 2022, maior valor da história

Destaques do NSC Total