nsc
santa

Resultado

Expositores da Feira da Amizade de Blumenau arrecadam R$ 600 mil em vendas

Foi a retomada da tradicional feira de solidariedade depois de dois anos de pandemia

09/06/2022 - 09h51

Compartilhe

Por Giulia Machado
Resultados da 32ª edição da Feira da Amizade já foram divulgados
Resultados da 32ª edição da Feira da Amizade já foram divulgados
(Foto: )

Expositores da Feira da Amizade de Blumenau arrecadaram em 2022 um montante de R$ 600 mil em vendas de produtos, de acordo com a prefeitura. Esse valor será utilizado por entidades socioassistenciais, artesãos e clubes de mães para a manutenção das atividades.

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

Uma pesquisa de satisfação feita pela organização do evento mostrou que os expositores ficaram, em maioria, contentes com a feira. Em uma escala de 0 a 10, 91% dos que participaram deram notas acima de 7 e 56% deram nota máxima, ou seja, 10.

Para o secretário da Família, Júlio César Pereira, o retorno da feira veio em um momento em que as entidades participantes necessitavam de recursos:

— Foi um retorno maravilhoso, em um momento em que as entidades precisavam muito, depois dessa pandemia. Foi muito dinheiro arrecadado, recurso que vai diretamente para as entidades.

A próxima edição da Feira da Amizade está agendada para a primeira quinzena de junho de 2023.

Veja fotos da Feira da Amizade

O que é a Feira da Amizade?

A Feira da Amizade de Blumenau é considerada a maior feira de solidariedade de Santa Catarina. 

Ela é promovida pela Fundação Pró-Família desde 1989 e tem o objetivo de expor e vender peças artesanais produzidas por entidades socioassistenciais, clubes de mães e artesãos.

Para participar da feira é preciso fazer um cadastro com antecedência. Empresas também podem participar.

* Sob supervisão de Augusto Ittner

Leia também

Com ambulatórios lotados, Blumenau nunca vacinou tão pouco contra a influenza

O inacreditável acontece e lotérica de Blumenau onde saíram 2 prêmios da Mega-Sena ganha mais uma bolada

Pomerode terá ponte de madeira à moda antiga no centro turístico

Suposto superfaturamento na compra de máscaras em Itajaí motiva operação do Gaeco

Colunistas