nsc
dc

Reconstrução

Família que perdeu três filhos em incêndio vai ganhar casa nova da prefeitura de Lages

Expectativa é que o imóvel seja entregue até 15 dias após o fim das perícias

03/05/2021 - 08h48 - Atualizada em: 03/05/2021 - 11h31

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Incêndio destruí residência no bairro Centenário em Lages
Incêndio destruí residência no bairro Centenário em Lages
(Foto: )

A família que perdeu três filhos em um incêndio em Lages, na Serra catarinense, no sábado (1º) vai ganhar uma casa nova. Segundo o secretário de Assistência Social e Habitação do município, Jean Pierre Ezequiel, o imóvel será construído no mesmo local no bairro Centenário e a expectativa é que 15 dias após o fim das perícias a residência seja entregue.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

— Estamos na dependência do Instituto Geral de Perícias (IGP) liberar casa. Tão breve eles liberem a perícia, nós vamos estar lá construindo uma casa nova para essas pessoas. Isso deve acontecer nos próximos dias — contou o secretário.

Assistentes sociais e psicólogos do município fizeram um atendimento a família ainda no fim de semana. O apoio, segundo o secretário, será mantido por tempo indeterminado. Cestas básicas, kit higiene e roupas também foram doadas.

Segundo Jean Pierre, pai e mãe estão desempregados e antes do incêndio já recebiam apoio da prefeitura por meio de programas sociais. Além dos três filhos que morreram, o casal tem outras cinco crianças.

A nova casa será construída no local do incêndio por opção da família, contou o secretário. Eles recusaram ficar em um abrigo da prefeitura e estão abrigados na casa de parentes que moram no terreno onde a tragédia aconteceu.

— Também estamos trabalhando a questão da documentação junto à polícia, porque precisa da identificação dos corpos. Nós estamos levantando do nosso Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da nossa secretaria, o que nós temos de documentação dessas crianças — contou Jean Pierre.

A nova casa será construída com materiais pré-fabricados, o que deve agilizar a entrega do imóvel para a família.

Relembro o caso

O incêndio começou na manhã de sábado. As vítimas tinham três, cinco e oito anos. Segundo informações da NSC TV, o pai contou que um dos filhos brincava com um isqueiro próximo a um travesseiro, antes das chamas consumirem o imóvel de dois pavimentos.

O delegado Raphael Quagliato Bellinati, responsável pelas investigações, disse que o laudo pericial será fundamental para definir o que aconteceu:

— Conforme o laudo de exame de local de crime do IGP, a gente vai definir o que de fato aconteceu, as circunstâncias e as ocasiões que deflagraram essa situação extremamente trágica.

Leia mais:

Novo decreto em SC: entenda o que está proibido e liberado até 17 de maio

“Sentença de morte”, diz Miguel Nicolelis sobre novas liberações em Santa Catarina

Como será a ordem de vacinação para gestantes e pessoas com comorbidades em SC

Colunistas