nsc
an

Festival de Dança

Feira da Sapatilha de Joinville retoma em formato híbrido e com limitação de visitantes

Será permitida a presença de 500 pessoas por vez durante a visitação à feira

05/10/2021 - 14h48 - Atualizada em: 05/10/2021 - 15h49

Compartilhe

Redação
Por Redação AN
Estandes foram abertos nesta terça-feira, às 10h
Estandes foram abertos nesta terça-feira, às 10h
(Foto: )

Após cancelamento da edição de 2021, a Feira da Sapatilha de Joinville começou nesta terça-feira (5), no Expocentro Edmundo Doubrawa. Em formato híbrido por causa da pandemia da Covid-19, o evento acontece até o dia 15 de outubro, das 10h às 21h, e funcionará com protocolos de saúde parecidos aos de shopping centers e centros comerciais. Além disso, será permitirá a presença de 500 visitantes por vez, ou seja, 60% da capacidade do local.

​> ​Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

> Conheça a Dance House, reality de influencers do Festival de Dança de Joinville

A feira contará com 80 estandes e, assim como nos anos anteriores, a feira terá a presença dos principais expositores do segmento, desde moda, tendências, lançamentos, artigos, equipamentos e artesanatos que estão à disposição de participantes e visitantes durante o evento, além de expositores que optaram pelo formato e-commerce. Os preços dos produtos partem de R$ 10. 

São mais de 2 mil metros quadrados com uma variedade de estandes, além de uma praça de alimentação com opções para os visitantes e um palco aberto que contará com apresentações de grupos selecionados.

Roteiros turísticos

A Secretaria de Cultura e Turismo (Secult) está presente na Feira da Sapatilha, com um estande para atendimento do visitante. No local, os recepcionistas de turismo estarão disponíveis para tirar dúvidas, orientar e estimular o turista a conhecer os atrativos da cidade e as rotas preparadas pela secretaria. O atendimento será diário, enquanto durar a Feira, das 10h às 20h.

Secult também terá um estande na Feira da Sapatilha de Joinville
Secult também terá um estande na Feira da Sapatilha de Joinville
(Foto: )

De acordo com a diretora executiva da Secult, Francine Olsen, o espaço no Festival de Dança contribui na promoção dos passeios no município e a ideia é cativar o visitante para mostrar a cidade. 

> Veja tudo o que você precisa saber sobre o Festival de Dança de Joinville

- Queremos mostrar a Joinville da região central, com as fachadas históricas, museus e restaurantes, mas também buscamos convidá-lo a viver uma outra experiência, por exemplo, na área rural e aproveitar a natureza, atrações e gastronomia típica da região - destaca a diretora. 

Protocolos de segurança 

Os protocolos de segurança devem ser seguidos durante todos os dias e programações do Festival de Dança de Joinville, por isso, haverá uma Sala de Apoio Sanitário localizada no térreo do Centreventos Cau Hansen. 

O espaço vai funcionar como uma base da Secretaria de Saúde com todas as exigências sanitárias para a Covid-19: com testagem, primeiro atendimento para casos respiratórios, encaminhamentos e definição de quarentena estão entre as funções que devem ser realizadas na sala.

Leia também

Campeão do The Voice, Gustavo Bardim é recebido com festa em SC

Conheça 'Manteiga', a jovem de Joinville que acumula milhares de seguidores no mundo dos games

Gêmeos de Joinville que viralizaram no TikTok com vídeo na praia lançam nova música

Mansão de Joinville reúne gamers com milhões de seguidores

Casal catarinense compra mansão de Xuxa por R$ 45 milhões

História curiosa de joinvilense vai parar no Fantástico e vira assunto nacional

Colunistas