nsc
    hora_de_sc

    Listão

    Melhores filmes para maratonar no feriadão de Páscoa

    De animações para a família a longas indicados ao Oscar, confira 10 filmes para ver no feriado de Páscoa

    01/04/2021 - 09h30 - Atualizada em: 01/04/2021 - 16h51

    Compartilhe

    Redação
    Por Redação Hora
    "Hop - Rebelde Sem Páscoa" é uma das opções para o feriado com crianças
    "Hop - Rebelde Sem Páscoa" é uma das opções para o feriado com crianças
    (Foto: )

    Chegou o feriadão de Páscoa, e o melhor a se fazer é ficar em casa. Mas nem por isso os dias de folga precisam ser tediosos! Os serviços de streaming têm ótimas opções de filmes: são obras para assistir em família e até indicados ao Oscar 2021 - a cerimônia está marcada para o dia 25 de abril.

    A Páscoa é, portanto, uma ótima oportunidade para se atualizar no mundo do cinema!

    > Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Selecionamos 10 filmes ideais para assistir no feriado, entre animações para a família toda e os indicados à estatueta dourada mais cobiçada.

    Confira as indicações, prepare a pipoca e divirta-se!

    Os 7 de Chicago

    A produção da Netflix é baseada em uma história real e está indicada a seis Oscar, incluindo Melhor Filme, Melhor Roteiro Original e Melhor Ator Coadjuvante, para Sacha Baron Cohen - que também está em "Borat - Fita de Cinema Seguinte", presente nesta lista.

    "Os 7 de Chicago" conta a história de sete ativistas que enfrentaram um julgamento em 1969, após um protesto contra a Guerra do Vietnã ter se tornado bastante violento. Os réus tentam provar que são inocentes em relação a uma acusação pesada: de que eles teriam conspirado contra o governo federal dos Estados Unidos.

    O filme é escrito e dirigido por Aaron Sorkin, que levou o Oscar pelo roteiro de "A Rede Social" (2010). No elenco, além de Cohen, estão Eddie Redmayne (de "A Teoria de Tudo"), John Carroll Lynch ("Fargo"), Joseph Gordon-Levitt ("A Origem") e Mark Rylance ("Ponte dos Espiões").

    Onde assistir: Netflix

    > Quem são as personalidades de SC que morreram de Covid-19 em 2021

    Borat - Fita de Cinema Seguinte

    Já faz 14 anos desde que Sacha Baron Cohen deu vida a Borat, um repórter do Cazaquistão que vai aos Estados Unidos para fazer um documentário sobre os hábitos dos norte-americanos. Em 2006, quando "Borat: O Segundo Melhor Repórter do Glorioso País Cazaquistão Viaja à América" foi gravado, Cohen fez todas as cenas no improviso: as pessoas que participaram das cenas caíram em "pegadinhas", situações absurdas criadas a partir de uma enorme diferença cultural. Elas acreditavam que Borat era real e não sabiam que estavam sendo gravadas.

    No segundo filme, "Borat - Fita de Cinema Seguinte", indicado ao Oscar de roteiro adaptado, Cohen não podia mais gravar enganando as pessoas, porque já é famoso demais e seria facilmente reconhecido. Por isso, a trama também é orientada por sua filha, Tutar (Maria Bakalova, indicada ao Oscar de atriz coadjuvante). 

    O longa aborda temas muito recentes, como o mandato de Donald Drump e a pandemia da Covid-19.

    Onde assistir: Prime Video

    Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica

    Essa animação da Pixar conta a história de dois irmãos elfos, Ian e Barley, que vivem em um mundo mágico. Ambos sentem muita falta do pai, que faleceu quando eles eram pequenos. Quando conseguem o cajado poderoso de um bruxo, Ian e Barley decidem usar o artefato para trazer o pai de volta à vida - mas o feitiço dá errado, e eles precisam embarcar em uma aventura para conseguirem passar 24 horas com o pai. 

    Na versão em inglês, os protagonistas são dublados por Chris Pratt (de "Guardiões da Galáxia") e Tom Holland (de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar"). "Dois Irmãos" está indicado ao Oscar de Melhor Animação.d

    Na versão em inglês, os protagonistas são dublados por Chris Pratt (de "Guardiões da Galáxia") e Tom Holland (de "Homem-Aranha: De Volta ao Lar"). "Dois Irmãos" está indicado ao Oscar de Melhor Animação.

    Onde assistir: Disney+

    Hop - Rebelde Sem Páscoa

    Não tem jeito: "Hop - Rebelde Sem Páscoa" foi lançado em 2011 e, até hoje, segue como o filme favorito das crianças na época da Páscoa. É diversão garantida para os pequenos que querem entrar no clima do feriado.

    > Catarinenses se preparam para Páscoa mais doce e solidária em 2021

    "Hop" mescla animação e live-action para contar a história de Junior, um coelhinho que quer ser músico. Porém, seu pai, o Coelho da Páscoa, quer que ele desista desse sonho para continuar com a tradição de entregar ovos às crianças.

    Rebelde (como o título indica), Junior vai a Hollywood para entrar na carreira musical. Lá, ele é atropelado por Fred, um homem atrapalhado que decide ajudar o coelho a realizar seu sonho.

    Onde assistir: Netflix

    > Conheça os tipos de chocolate e saiba qual a melhor escolha

    Mank

    "Mank" conta a história do roteirista Herman J. Mankiewicz (interpretado por Gary Oldman), que luta contra o alcoolismo e corre contra o tempo para terminar o roteiro de "Cidadão Kane" (1941). 

    Uma cinebiografia sobre um profissional de cinema, responsável por um grande clássico das telas: é a fórmula perfeita para o Oscar. Não à toa, "Mank" teve 10 indicações à estatueta, incluindo melhor filme, direção (para David Fincher), ator (para Oldman) e atriz coadjuvante (Amanda Seyfried).

    Por meio da história de Mankiewicz e de seu olhar crítico, "Mank" faz um retrato da Hollywood dos anos 1930.

    Onde assistir: Netflix

    Pedro Coelho

    Ideal para ver em família, "Pedro Coelho" também consegue deixar adultos e crianças no clima da Páscoa. O filme mistura computação gráfica e live-action e é baseado no livro "As Aventuras de Pedro Coelho", de Beatrix Porter, que vem encantando gerações de pequenos leitores.

    No filme, Pedro Coelho é um coelhinho rebelde que apronta todas na fazenda do senhor McGregor. Além de disputar os legumes e vegetais, os dois também brigam pelo carinho de Bea, que ama animais. 

    Onde assistir: Netflix

    Pieces of a Woman

    Vanessa Kirby levou o prêmio do Festival de Veneza e está indicada ao Oscar de melhor atriz por interpretar Martha, uma mulher grávida que decide ter sua filha em casa. Só que o parto termina em tragédia, e Martha entra em um luto profundo, que ameaça despedaçar todos os seus relacionamentos.

    Dirigido por Kornél Mundruczó, de "Deus Branco", e produzido por Martin Scorsese, "Pieces of a Woman" é um retrato profundo de uma mulher que precisa aprender a conviver com a sua perda.

    Onde assistir: Netflix

    O Som do Silêncio

    O filme é uma produção original da Amazon Prime Video e fez com que o streaming chegassem com força ao Oscar 2021, seguindo a tendência já iniciada pela concorrente Netflix. "O Som do Silêncio" está indicado a seis estatuetas, incluindo melhor filme, ator (para Riz Ahmed) e roteiro original.

    Ahmed interpreta Ruben, um ex-viciado e baterista, que descobre que está gradualmente perdendo a audição. Quando recebe a notícia de seu médico, Ruben acredita que sua carreira e sua vida acabaram. Mas sua namorada, Lou, o leva a um lar de reabilitação para surdos - para evitar que ele tenha uma recaída e para mostrá-lo que a vida pode continuar.

    Onde assistir: Prime Video

    Soul

    As crianças vão gostar dessa nova animação da Pixar - os adultos também, e ainda vão precisar preparar um lencinho. É que "Soul" segue os moldes de "Divertidamente" (2015) e agrada às crianças, mas emociona bem mais os adultos.

    Na trama, Joe (dublado por Jamie Foxx, na versão original) é um músico de jazz que se sente frustrado por ser professor. Ele finalmente consegue uma grande oportunidade de brilhar no palco, mas sofre um acidente e entra em coma.

    Sua alma viaja ao além, mas Joe se recusa a morrer. Para voltar à vida, ele topa ser o tutor de uma alma nova e bastante rebelde, chamada de 22 (dublada por Tina Fey). Joe precisa convencer 22 a viver na Terra - e ela não está nem um pouco disposta a isso.

    "Soul" está indicado a três Oscar: melhor animação, som e trilha sonora original.

    Onde assistir: Disney+

    A Voz Suprema do Blues

    Depois de um filme sobre jazz, indicamos um longa sobre blues. Original da Netflix, "A Voz Suprema do Blues" foi um dos últimos filmes do ator Chadwick Boseman (de "Pantera Negra"), que faleceu em agosto de 2020.

    O longa se passa em Chicago, em 1927, e segue Ma Rainey (interpretada por Viola Davis), a primeira grande estrela do blues.

    Durante a gravação de um álbum, Ma Rainey entra em conflito com seu trompetista ambicioso (Boseman) e com seu empresário branco, que está decidido a controlar a incontrolável "Mãe do Blues".

    Boseman está indicado ao Oscar de melhor ator pelo filme. Além dele, Viola Davis também pode levar a estatueta de melhor atriz. O longa ainda concorre nas categorias de melhor direção de arte, maquiagem e figurino.

    Onde assistir: Netflix

    Leia também: 

    > Chocolate pode prevenir doenças cardiovasculares e ósseas, além de reduzir estresse

    > Chocolate pode fazer bem para o cérebro, dizem especialistas

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas