nsc
hora_de_sc

Alerta

"Fim de semana aterrorizante e de tensão", prevê moradora do Morro das Pedras sobre chuva em Florianópolis

Previsão é de ondas de até 3 metros, chuvas volumosas e rajadas de vento de até 70km/h no Litoral de SC

18/06/2021 - 16h33 - Atualizada em: 18/06/2021 - 16h58

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Erosão iniciou há quase dois meses na região
Erosão atinge área de 600 metros e iniciou há quase dois meses na região
(Foto: )

O processo de erosão que avança há mais de mês sobre o Morro das Pedras, em Florianópolis, pode se expandir neste fim de semana com as volumosas chuvas e as ondas de até 3 metros de altura que estão previstas para o Litoral catarinense. Moradores da área atingida, que se revezam em plantões para monitorar o mar, temem pelos riscos de desabamento de suas residências e esperam que seja um "fim de semana de tensão".

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Um alerta emitido pela Defesa Civil de SC coloca a maior parte do Estado em observação entre sábado (19) e domingo (20) pelo alto volume de chuvas esperado e o risco de alagamentos e deslizamentos, o que inclui a região da Grande Florianópolis. O órgão também avisa sobre a previsão de rajadas de vento de quadrante Leste a Sul, que podem chegar a até 70km/h.

Uma contenção foi erguida no Morro das Pedras, com sacos de areia, para amenizar o impacto das ondas. Todos os dias, segundo Cinthia Sens, uma das moradoras que teve o terreno de casa atingido pela erosão, as sacolas precisam ser repostas, numa tentativa de evitar maiores estragos.

- Mesmo com as bags (sacolas de areia), única medida que nos foi autorizada a tomar, a situação está difícil. Uma casa está bem próxima de cair. Abriu uma cratera do outro lado da casa e se vierem as tempestades que estão previstas, eu não sei se a casa vai aguentar - comenta, preocupada.

> Formação de ciclone traz novamente chance de chuva forte para SC

Fotos tiradas durante a tarde desta sexta pela moradora mostram o desgaste do terreno arenoso. Sob uma das casas, é possível ver as fissuras abertas. Entre outras duas residências, um buraco se formou no terreno em frente à porta da moradia.

- E as ondas de 3 metros estão vindo e estamos aqui apavorados, com a frente de nossas casas abertas. Vai ser um fim de semana aterrorizante, de plantão e de tensão - desabafa.

Casas em risco do Morro das Pedras
Ao menos 3 casas foram interditadas e correm risco de desabamento na região
(Foto: )

Segundo o gerente de Operação e Assistência da Defesa Civil de Florianópolis, Alexandre Vieira, o vento leste é o pior para os moradores da região, neste momento, porque bate de frente contra as casas e faz com que as ondas quebrem com mais força contra o terreno.

- Todas as equipes foram colocadas em alerta neste fim de semana para atender eventuais ocorrências - comenta.

Na região, a faixa praial de erosão continua perto de 600 metros, conforme atualização da Defesa Civil da Capital. O número de interdições, por sua vez, aumentou para 12. São 3 residências em risco de desabamento, 14 notificações, 20 propriedades atingidas, ao todo.

Veja como ficou a situação na praia no Morro das Pedras

Mar avançou sobre a praia no mês de maio e não recuou mais
Mar avançou sobre a praia no mês de maio e não recuou mais
(Foto: )
Há 12 interdições na região e 14 notificações
Há 12 interdições na região e 14 notificações
(Foto: )
Desgate de terreno sob as residências aumentou
Desgate de terreno sob as residências aumentou
(Foto: )

Leia mais

Erosão no Morro das Pedras: fotos impressionantes mostram destruição em praia de Florianópolis 

Dobra área atingida por erosão no Morro das Pedras, em Florianópolis

Auxílio emergencial de SC de R$ 900 entra na última semana para cadastro; veja como receber

'Paixão mórbida' motivou assassinato de Ana Kemilli na Serra de SC, revela polícia; suspeito é preso

Colunistas