nsc
dc

Coronavírus

Florianópolis promete multa pesada a organizador do show de Gusttavo Lima, diz secretário

Show do cantor sertanejo ocorreu no último dia 29 de dezembro e reuniu cerca de 20 mil pessoas

06/01/2022 - 21h33 - Atualizada em: 06/01/2022 - 21h41

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Show de Gusttavo Lima foi um dos maiores eventos com público em Florianópolis desde o começo da pandemia
Show de Gusttavo Lima foi um dos maiores eventos com público em Florianópolis desde o começo da pandemia
(Foto: )

O secretário de Saúde de Florianópolis, Carlos Alberto Justo, o Dr. Paraná, informou que a Capital vai aplicar uma "multa pesada" ao organizador do show de Gusttavo Lima por descumprimento dos protocolos de segurança. O evento reuniu mais de 20 mil pessoas e uma semana depois o cantor foi diagnosticado com Covid-19.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O show ocorreu na noite de quarta-feira, 29 de dezembro, no Estádio Orlando Scarpelli. Esse foi um dos maiores eventos com público em Florianópolis desde o começo da pandemia de coronavírus. Apesar de ter sido cobrado o comprovante de vacinação, dentro do local os protocolos — uso de máscara e distanciamento — não foram seguidos, disse o secretário.

— Todo mundo estava entrando com passaporte, mas dentro do show estavam todos sem máscaras. A multa é porque não foi cumprido o protocolo Evento Seguro. Se você não segue os protocolos, você tem que se responsabilizar. Não adianta o gestor do evento dizer "ah, mas eu não consigo controlar". Então se não consegue controlar, não pode fazer o evento — disse Dr. Paraná.

Conforme o secretário, o valor da multa ainda não foi definido pois a empresa, que é de Londrina, tem um prazo para recurso.

A LG Produções Artísticas foi procurada, mas não respondeu ao DC até a publicação da reportagem.

Gusttavo Lima testa positivo para Covid

Na manhã de quarta-feira (5), o escritório de Gusttavo Lima informou pelas redes sociais que o cantor testou positivo para Covid-19. Segundo o comunicado, o músico cumprirá o isolamento em casa e está assintomático.

O secretário de Saúde de Florianópolis explicou que os organizadores do show já foram notificados logo após o evento, antes mesmo da Capital saber que o cantor havia contraído a doença.

— Onde tem tudo pra acontecer problema, vai acontecer problema. Todo esse processo de punição e abertura do processo nós entendemos logo depois do evento. Agora é só consequência — disse.

> Florianópolis entra em alerta após mais de mil testes positivos para Covid em 48 horas

Explosão de casos de Covid em SC

Nesta quarta-feira (5), segundo dados do Painel do Coronavírus do NSC Total, o Estado registrou mais 2.202 ativos da doença. Ao menos 166 cidades tiveram crescimento nas contaminações na última semana. O maior crescimento foi em Florianópolis que, em apenas um dia, viu os números saltarem de 1.517 para 2.093 ativos.

O secretário de Saúde da Capital afirma que um novo lockdown está descartado no momento. Segundo ele, Florianópolis vai investir na fiscalização dos protocolos de segurança, com uma equipa de aproximadamente 80 pessoas, a fim de não parar a cidade.

Leia também

Descontrole da Covid-19 transmite a sensação de que SC depende da sorte

Mulher de 28 anos que não tomou vacina da Covid morre pela doença em SC

Alta de casos de Covid-19 em SC é "cenário preocupante" no início de 2022, dizem médicos

Colunistas