A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Diretoria de Bem-Estar Animal (Dibea), resgatou 35 filhotes de cachorro abandonados nos últimos 10 dias. Entre eles, três eram recém-nascidos e estavam em risco iminente de morte. Sete fêmeas, mãe dos bebês, também foram resgatadas.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Conforme a Dibea, os recém-nascidos estavam com o corpo machucado e cheios de larvas. Por conta da idade, as fêmeas resgatas têm mais dificuldade para encontrar uma família para acolhê-las e passam a maior parte da vida na Dibea. Atualmente, são mais de 200 animais esperando uma chance de encontrar uma família, o que configura estado de superlotação.

— A grande maioria dos animais chegou na Dibea por sofrerem maus-tratos ou estarem gravemente feridos em vias públicas, em virtudes de atropelamentos, por exemplo, ou abandono à própria sorte em locais de risco. Cada vez mais, nossa função é conscientizar as pessoas e propiciar a recuperação desses bichinhos para que possam encontrar uma família amorosa, além de seguir realizando castrações em massa para diminuir a reprodução desenfreada dos animais — destaca a diretora da Dibea, Bárbara Becker.

Abandono de animais é crime

De acordo com o Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, o abandono de animais é crime e a prática é recorrente na Capital, o que acarreta em problemas graves para a saúde dos bichinhos.

Continua depois da publicidade

Em 2020, a pena para casos de maus-tratos aumentou e agora deve ser cumprida em até cinco anos, além do pagamento da multa. Quem praticar atos de abuso, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, e outras ações enquadradas em maus-tratos, como o abandono.

O bem-estar dos animais depende de cinco padrões definidos pela Organização Mundial da Saúde Animal (OIE): livre de fome e sede; livre de desconforto; livre de dor; livre de lesões e doenças; livre para expressar seu comportamento natural; livre de medo e estresse.

Como adotar animais na Dibea

Os interessados em adotar animais na Dibea passam por um processo rigoroso de análise para garantir que a nova família possa cuidar e dar carinho àqueles que já sofreram tanto para ter um lar. Todos os cachorros e gatos acolhidos na Dibea são entregues aos adotantes castrados, vacinados e vermifugados, prontos para viver uma nova vida.

A Dibea de Florianópolis fica localizada na SC-401 e está aberta de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, sem chuva, das 13h30 às 17h. A população também pode entrar em contato pelo número de WhatsApp (48) 99922-0578.

Continua depois da publicidade

Leia também

Mais de 600 pessoas em situação de rua em Florianópolis são enviadas às cidades de origem

Florianópolis tem a 2ª menor taxa de desemprego entre as capitais do país

Alargamento da praia de Jurerê, em Florianópolis, chega à penúltima fase

Destaques do NSC Total