nsc
    hora_de_sc

    SEM NOVAS DOSES

    Florianópolis suspende vacinação de trabalhadores da saúde contra a covid-19

    Município aguarda envio de novos lotes da vacina para voltar a imunizar o grupo

    19/02/2021 - 10h37 - Atualizada em: 19/02/2021 - 18h09

    Compartilhe

    Catarina
    Por Catarina Duarte
    Centros de saúde da capital tem 180 doses para imunizar idosos com mais de 90 anos
    Centros de saúde da capital tem 180 doses para imunizar idosos com mais de 90 anos
    (Foto: )

    Sem novas remessas de vacinas, Florianópolis suspendeu, nesta sexta-feira (19), a vacinação de profissionais da saúde contra a Covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde informou que o município dispõe de apenas 180 doses nos Centros de Saúde. Os imunizantes ainda disponíveis serão usados em idosos com mais de 90 anos.

    O Ministério da Saúde anunciou o envio de mais doses das vacinas Astrazeneca e CoronaVac aos estados. O cronograma prevê remessas para serem entregues ainda em fevereiro e em março. Segundo a previsão, Santa Catarina deve receber 1,4 milhão de imunizantes destinados aos quilombolas, trabalhadores da saúde e idosos a partir dos 60 anos.

    > Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

    A Secretaria de Saúde informou que a segunda dose continua sendo aplicada em pessoas que já fecharam os dias para a vacinação. Em relação aos idosos com mais de 90 anos, as equipes de imunização seguem na busca para vacinar os que não atenderam telefonemas ou não estavam em casa na hora da visita domiciliar.

    Vacinação em Florianópolis

    Até sexta-feira (19), 15.675 pessoas tomaram a primeira dose em Florianópolis e 4.443 receberam a segunda.

    A vacinação de idosos com mais de 90 anos está acontecendo de forma domiciliar. O município está entrando em contato por telefone para agendar a imunização. A orientação da prefeitura é que esse grupo aguarde contato para receber a vacina.

    > Centro e Ingleses são os bairros de Florianópolis com mais casos ativos de Covid-19

    Caso queiram verificar se o cadastro do Sistema Único de Saúde (SUS) está atualizado, os idosos podem telefonar para o serviço Alô Saúde pelo número 0800 333 3233.

    Leia mais:

    Uso de drogas, sexo em público e perturbação: força-tarefa aperta cerco no Caixa d'Aço, em Porto Belo

    Luciano Hang vai erguer o maior prédio da América Latina em Balneário Camboriú

    Bebê de 1 mês morre por covid-19 em Chapecó

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas