nsc
hora_de_sc

Imunização

Florianópolis vai cobrar "passaporte de vacinação" para acesso a bares, hotéis e eventos

"Passaporte de vacinação" foi anunciado pelo prefeito Gean Loureiro nesta segunda-feira

23/08/2021 - 19h08 - Atualizada em: 24/08/2021 - 10h29

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Medida ainda será debatida com setores antes de começar a valer
Medida será debatida com setores antes de começar a valer
(Foto: )

Florianópolis vai exigir comprovante de vacinação contra o coronavírus aos frequentadores de bares, hotéis e eventos, segundo anúncio feito nesta segunda-feira (23) pelo prefeito Gean Loureiro, em suas redes sociais. A imposição deve abranger atividades e espaços de grande circulação de pessoas, nos mesmos moldes da cidade de São Paulo.

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo WhatsApp

De acordo com publicação do prefeito, a regra passará a valer depois que a imunização alcançar todas as idades.

Loureiro não esclareceu, no entanto, se a medida leva em conta o ritmo de vacinação da Capital, do Estado, ou com base no Ministério da Saúde.

Ainda sem os termos estabelecidos, a medida também deve ser debatida em conjunto com os setores impactados por ela, de acordo com Loureiro: "Visitantes serão bem vindos, desde que protegidos, como nossa população está fazendo".

> "Não vamos deixar de usar máscaras neste ano", diz secretário de Saúde de SC

Comprovante de vacinação em SP

Algumas horas antes do anúncio de Gean Loureiro, a prefeitura de São Paulo informou que vai exigir o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para todas as pessoas que entrarem nos estabelecimentos da cidade. A medida na capital paulista vale para eventos, shoppings, restaurantes e demais locais fechados.

Por lá, o passaporte será apresentado por meio de um aplicativo. O cadastro vai emitir um QR Code para consulta. Quem não constar como imunizado no sistema em que houve o cadastro deve ser barrado na entrada dos estabelecimentos. Não foi informado, ainda, como deve ocorrer a fiscalização.

> Investigação sobre estupro e tortura de jovem em Florianópolis requer complementação, diz MPSC

Outros países

O Reino Unido já exige comprovante de vacinação completa para permitir que os moradores frequentem casas noturnas e demais espaços onde geralmente ocorrem aglomerações. A medida também já foi adotada pela Itália.

Leia também

Prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro tem alta do hospital após três dias internado

Bolsonaro vai discutir o fim do uso obrigatório de máscara com Queiroga

Terceira dose da vacina contra Covid-19: o que você precisa saber

SC tem 31 cidades com todos adultos vacinados com 1ª dose

SC autoriza vacinação de adolescentes em casos pontuais; entenda

Colunistas