O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso criticou, neste domingo (24), a tentativa de envolvimento das Forças Armadas na política. A fala ocorreu durante palestra no Brazil Summit Europe, seminário promovido pela Universidade Hertie School, da Alemanha.

Continua depois da publicidade

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

— As Forças Armadas estão sendo orientadas para atacar o processo [eleitoral] e tentar desacreditá-lo. […] Tenho a firme expectativa de que as Forças Armadas não se deixem seduzir por esse esforço de jogá-las nesse universo indesejável para as instituições de Estado, que é o universo da fogueira das paixões políticas — afirmou por videoconferência.

Agora ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro não citou quem estaria orientando as Forças Armadas contra o processo eleitoral. O presidente Jair Bolsonaro (PL), porém, já questionou reiteradas vezes a segurança das urnas eletrônicas e é cercado de militares em seu governo — ele deverá ter o general Walter Souza Braga Netto, agora ex-ministro da Defesa, como seu vice na próxima eleição.

Leia mais no Metrópoles, parceiro do NST Total.

Continua depois da publicidade

Acesse também

Bolsonaro diz que perdão a crimes de Daniel Silveira simboliza “garantia da liberdade”

Centrão respalda Bolsonaro no Congresso e deixa indulto a Daniel Silveira com STF

MPF pede que WhatsApp adie criação de supergrupos para depois das eleições

Destaques do NSC Total