nsc
    nsc

    Mais oportunidades

    Gaspar cria mais de 1,4 mil vagas de emprego formais nos primeiros dois meses do ano

    Município do Vale do Itajaí desafia cenário da crise sanitária, que elevou taxa de desemprego para 14,2% no trimestre finalizado em janeiro

    20/04/2021 - 13h31

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Geração de empregos em Gaspar
    Indo na contramão do atual cenário, o município de Gaspar se destaca com saldo de 1462 vagas formais de trabalho. O mês de janeiro contabilizou 585 e fevereiro 877 postos.
    (Foto: )

    Além da crise sanitária, os brasileiros ainda precisam se preocupar com a crise econômica, com diminuição da renda, aumento nos preços de diversos alimentos e dos índices de desemprego. Segundo a PNAD Contínua, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desocupação foi de 14,2% no trimestre finalizado em janeiro.

    Santa Catarina continua com os menores indicadores de desocupação do Brasil, e mesmo com a pandemia, um município do Vale do Itajaí vem apresentando resultados expressivos na geração de emprego e renda aos moradores. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) divulgados pelo Ministério da Economia, a cidade de Gaspar teve um saldo positivo de 565 vagas formais de trabalho em 2020.

    Embora o mês de abril do último ano tenha apresentado saldo negativo, com redução de 1523 vagas, a situação se reverteu durante os meses seguintes, o que possibilitou uma criação de vagas superior aos desligamentos. Em 2021, o resultado foi ainda melhor. Nos primeiros dois meses do ano, o saldo foi de 1462 vagas formais de trabalho. O mês de janeiro contabilizou 585 e fevereiro 877 postos.

    Entre as empresas que ampliaram o time de colaboradores mesmo com as dificuldades da pandemia está a PlasVale. Jonas Antônio Miranda, diretor presidente da indústria de plástico do Vale do Itajaí, conta que a inovação possibilitou a abertura de cem novos postos de trabalho, além dos 500 funcionários que a empresa já possuía.

    > Prefeitura de Gaspar é destaque no combate à Covid-19

    — Atuamos no setor de utilidade doméstica em plástico, com potes, bacias, etc. Apostamos na expansão da empresa com novas linhas, a empresa vem inovando e diversificando para produtos também em inox e vidro. Assim, aumentamos o mix para abranger mais canais de vendas. Mesmo com algumas dificuldades da pandemia, a inovação faz diferença para o consumidor — destaca Miranda.

    União do setor público e privado trouxe resultados positivos

    Segundo a Prefeitura Municipal de Gaspar, a conciliação das ações para enfrentar a pandemia e manter a economia funcionando é a grande prioridade, com benefícios para a geração de empregos e também para a arrecadação do município. A administração municipal destaca ainda que a proximidade com o empresariado local e com as entidades de classe é fator essencial para o sucesso.

    Esse movimento se consolidou durante a pandemia através de dezenas de videoconferências com os empresários e as entidades, ouvindo as demandas, discutindo as necessidades e buscando encontrar soluções sempre de forma conjunta com o setor público e privado.

    Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Gaspar (Acig), Mano Wieser, desde o início da crise, a entidade e a administração municipal se esforçaram, para fazer com que os empresários conseguissem manter os empreendimentos e também os empregos dos colaboradores.

    Geração de empregos em Gaspar
    A PMG destaca a conciliação de ações - contanto também com o setor empresarial - para enfrentar o cenário pandêmico e manter a economia funcionando.
    (Foto: )

    — Uma série de orientações foi disponibilizada aos associados, de saúde, de ordem jurídica, e trabalhista, com encontros on-line, sempre com abertura para que qualquer empresário pudesse encontrar as informações necessárias para o enfrentamento dos obstáculos gerados pelos percalços econômicos. Um exemplo foi o atendimento à solicitação dos representantes de parques aquáticos de Gaspar, que, preocupados com as medidas de restrição anunciadas pelo governo do Estado, procuraram a Acig e obtiveram apoio na criação do Núcleo Setorial de Parques Aquáticos, um canal que tem auxiliado o segmento na busca pela manutenção das suas atividades.

    Wesser acredita que as ações no setor têxtil também têm sido de muito engajamento, principalmente com a força que o título de Capital Catarinense da Moda Infantil traz para a cidade – e um peso a mais no pleito pelo selo de Capital Nacional da Moda Infantil, que continua em solicitação em nível federal com o apoio do Governo Municipal.

    Capital da Moda - Gaspar
    O título de Capital Catarinense da Moda Infantil traz para a cidade de Gaspar mais engajamento e aquecimento do setor.
    (Foto: )

    — Podemos pontuar a iniciativa do Market Place, plataforma digital que dá oportunidade aos pequenos negócios se lançarem no e-commerce, o Exporta Gaspar, que incentiva e dá aporte às empresas locais para o comércio exterior, e o Costurando Gaspar, um projeto da Ampe que tem o apoio do Núcleo Têxtil da Acig, que reúne em uma página online oportunidades de emprego e negociação e insumos que envolvem o setor têxtil.

    Órgãos municipais incentivam o desenvolvimento econômico de Gaspar

    A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Renda e Turismo informou que a cidade de Gaspar tem buscado o fomento do setor produtivo, setor de serviços e comércio. Para isso, o Espaço do Empreendedor tem grande responsabilidade no atendimento de quem deseja empreender e sair da informalidade, com agilidade de processos na abertura de empresas e informações na área de empreendedorismo. 

    A Secretaria também busca identificar os potenciais a serem explorados e estimulados por meio da aproximação com as entidades de classe do município e núcleos setoriais - como núcleo têxtil, imobiliário e de inovação.

    Já o programa Desenvolvimento Econômico Local, formado por um conselho com integrantes do setor público, produtivo e entidades de classes, trabalha com projetos de curto, médio e longo prazo. Foram formadas Câmaras Técnicas específicas para segurança, segmento têxtil, desenvolvimento urbano, educação e inovação, além do turismo. Será formalizada uma nova câmara para piscicultura e agricultura.

    A Câmara de Educação e Inovação desenvolve os principais projetos de geração de emprego, relacionados à qualificação de mão de obra, por meio do Programa Gaspar Pró. Junto ao empresariado, são identificadas as principais necessidades e criados cursos e treinamentos para a finalidade.

    Novas empresas também fomentam o crescimento nos empregos

    O município de Gaspar conta com mais de 9,9 mil empresas ativas. Somente em janeiro, foram abertos 186 novos empreendimentos. No ano passado, o número chegou a 1.654, um aumento de 63,9% na comparação com 2019. A gestão municipal aponta como motivos dessas aberturas a localização geográfica e espaço territorial, que beneficiam a logística de escoamento dos produtos e matéria-prima para a produção. Gaspar conta com duas rodovias estaduais e uma rodovia federal com fácil acesso a elas.

    Campanha estimula compra local

    Para fomentar a geração de emprego e renda, além da criação de novas empresas, foi criada em abril de 2020 a Campanha “Comprando da Vizinhança, eu fico em casa”. A iniciativa busca incentivar o consumo sem a necessidade de sair de casa, por meio de compras por telefone e internet. Desde o lançamento, mais de 200 empresas já aderiram à campanha, que lançou o selo Produto de Gaspar.

    A campanha é uma parceria da Fundação Bunge, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda, o Programa de Desenvolvimento Local – DEL, a Associação de Micro e Pequenas Empresas de Gaspar e Ilhota e o Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Gaspar.

    Acesse o canal da Prefeitura de Gaspar no NSC Total e acompanhe as principais ações realizadas no município.

    Leia também

    Profissionais de limpeza ganham protagonismo em hospitais de SC e reforçam linha de frente da Covid-19

    Médica desaparecida foi encontrada no Alto Vale por rastreio de celular, diz madrasta; veja vídeo

    Colunistas