nsc
santa

Operação

Homem é preso suspeito de cometer atentados contra bases policiais em Itajaí e Balneário Piçarras

Bases da Polícia Rodviária Federal e Polícia Militar foram atingidas por tiros na quarta e quinta-feira

07/08/2021 - 16h50

Compartilhe

Fernanda
Por Fernanda Mueller
Operação conjunta entre a Polícia Federal, PRF e PMSC cumpriu tdois mandados de busca e apreensão
Operação conjunta entre a Polícia Federal, PRF e PMSC cumpriu tdois mandados de busca e apreensão
(Foto: )

Um homem foi preso na madrugada deste sábado (7), em Navegantes, suspeito de cometer os atentados às bases da Polícia Rodoviária Federal, em Itajaí, e da Polícia Militar, em Balneário Piçarras. Nesta tarde, uma operação conjunta entre a Polícia Federal, PRF e PMSC cumpriu tdois mandados de busca e apreensão em endereços ligados a possíveis responsáveis. 

> Receba notícias do Vale do Itajaí pelo WhatsApp

Conforme a PF, o mandado de prisão preventiva de um dos suspeitos, morador do bairro Cordeiros, em Itajaí, foi cumprido durante a madrugada pela Polícia Militar. Ele foi preso em uma festa em Navegantes, e encaminhado ao presídio da Canhanduba, em Itajaí. 

Ainda segundo a Polícia Federal, na tarde deste sábado, um total de 16 policiais federais, rodoviários federais e militares foram divididos em duas equipes para cumprimento de mandados de busca e apreensão em dois imóveis residenciais no bairro Cordeiros. Os envolvidos poderão responder pela prática de homicídio tentado qualificado.

Os atentados

O primeiro atentado ocorreu no final da noite de quarta-feira (4), em uma base da PM em Balneário Piçarras, na Avenida Nereu Ramos. Imagens de câmeras de segurança da região mostraram, segundo a PM, dois homens em uma motocicleta disparando contra o local. Na hora do ataque, não havia ninguém trabalhando.

O Instituto Geral de Perícias fez a análise da cena para investigação sobre a autoria. Mais tarde, os peritos tiveram de seguir para a base da PRF em Itajaí, na Avenida Abrahão João Francisco, que também foi alvo de tiros por volta das 4h. 

Diferente do primeiro caso, na base federal havia equipe de plantão no momento do ataque. Porém, ninguém se feriu.

Leia também

Mãe chama a polícia após escutar filha sendo estuprada pelo padrasto

Alexandro Fernandes assume a Seterb, em Blumenau, na condição de bombeiro

A cada sete consultas agendadas na Policlínica de Blumenau, um paciente não aparece

Manifesto de 120 entidades apoia Moisés no impasse da BR-470 e chama situação de "surreal"

Colunistas