nsc
dc

Economia

Indústria de Santa Catarina liderou queda da produção nacional em outubro, diz IBGE

Ao todo, cinco estados puxaram a queda nacional: além de SC, Pará, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo também tiveram redução no índice

09/12/2021 - 17h17 - Atualizada em: 09/12/2021 - 17h27

Compartilhe

Por Agência Brasil
Gabriela
Por Gabriela Ferrarez
Santa Catarina teve o maior crescimento de produção no acumulado do ano, com 13,8% de crescimento
Santa Catarina teve o maior crescimento de produção no acumulado do ano, com 13,8% de crescimento
(Foto: )

Santa Catarina liderou a queda de 0,6% da produção da indústria nacional na passagem de setembro para outubro deste ano. O recuo no Estado foi de 4,7% no período. É o que aponta a pesquisa divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (9).

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ao todo, cinco estados puxaram a queda nacional: depois de SC vêm o Pará, com redução de 4,2% na produção industrial, Minas Gerais com 3,9%, São Paulo com 3,1% e Espírito Santo, 1%.

As informações são da Agência Brasil, que aponta que a alta na produção de 15 regiões não permitiu que a queda fosse acentuada. O Nordeste teve crescimento de 5,1%, o Mato Grosso de 4,8% e o Ceará de 4,1%.

Mesmo com a maior redução do mês, a indústria de Santa Catarina teve o maior crescimento no acumulado do ano, com 13,8% de crescimento. Minas Gerais, que também estava no ranking de queda do IGBE também se destacou em 2021, com 12% de crescimento.

Em terceiro lugar está o Paraná, com 11,2%. Entre as reduções no ano, Bahia teve a maior queda, de 10,8%.

Leia também

Hotéis, restaurantes e aeroporto preveem movimento pré-pandemia para o verão 2022

Bolsonaro virá a Santa Catarina para passar férias em meio a pressão por verbas para rodovias

Deputado Ricardo Guidi diz que "SC merecia olhar mais atento do governo federal"

Colunistas