nsc
dc

Tragédia

Irmão de bilionário, esposa e três filhos estão entre mortos em acidente com avião em SP

Empresário acionista da Cosan era irmão de Rubens Ometto

14/09/2021 - 14h35 - Atualizada em: 14/09/2021 - 19h53

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Cinco pessoas da mesma família e dois pilotos morreram com queda de avião
Cinco pessoas da mesma família e dois pilotos morreram com queda de avião
(Foto: )

As vítimas do acidente com um avião de porte pequeno na manhã desta terça-feira (14) em Piracicaba (SP) foram identificadas. Ao todo, sete pessoas morreram: o empresário acionista da usina Raízen e ex-presidente do clube XV de Piracicaba, Celso Silveira Mello Filho, a esposa e os três filhos, além do piloto e copiloto da aeronave.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Celso era irmão de Rubens Ometto Silveira Mello, presidente do Conselho de Administração da Cosan. Ele saiu em 2013 na lista de bilionários da Forbes.

Além dele, morreram sua esposa, Maria Luiza Meneghel, seus três filhos, Celso, Fernando e Camila, o piloto do avião, Celso Elias Carloni, e o copiloto, Giovani Gulo. A queda do avião modelo King Air, ano 2019, prefixo PS-CSM, não deixou nenhum sobrevivente.

  • Celso Silveira Mello Filho, 73 anos
  • Maria Luiza Meneghel, 71 anos
  • Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos
  • Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos
  • Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos
  • Piloto: Celso Elias Carloni, 39 anos
  • Copiloto: Giovani Dedini Gulo, 24 anos

Celso Silveira Mello Filho era conhecido por seus projetos ligados ao agronegócio em São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Pará. Natural de Piracicaba, Celso Silveira era formado em economia e construiu carreira na cidade, onde atuou por 25 anos antes de comandar outros projetos.

No seu período como empresário direto na cidade, ele coordenou a implantação da Usina Costa Pinto S/A – Açúcar e Álcool. Celso também era acionista da usina Raízen, que também pertence à família.

> Fotógrafo de Joinville é vítima da Covid-19 e morre no dia do aniversário

O empresário ainda se aventurou no esporte, quando comandou o Esporte Clube XV de Piracicaba, famoso time do interior de São Paulo, por duas gestões, entre 1988 e 1992. Atualmente, integrava o quadro do Conselho Deliberativo do clube.

Os gêmeos Celso e Fernando Meneghel Silveira Mello, de 46 anos, eram esportistas. Fernando era atleta de tiro esportivo e integrava a seleção brasileira da modalidade. O atirador não conseguiu índice para disputar as Olimpíadas de Tóquio 2020. Ele foi campeão sul-americano e disputou os últimos Jogos-Pan Americanos de Lima, no Peru, na categoria fossa olímpica.

> Incêndio destrói fábrica de móveis e atinge casa vizinha

Já Celso Mello tera piloto de autocross. Ele foi tricampeão brasileiro da categoria nos anos de 2011, 2012 e 2017.

O acidente

O acidente aconteceu por volta das 9h desta terça-feira (14). Uma aeronave de pequeno porte caiu em uma região de mata, no bairro Santa Rosa, em Piracicaba, próximo à Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).

A aeronave explodiu após a queda e causou um incêndio na área de mata. As chamas foram combatidas e as vítimas foram encontradas carbonizadas.

> Assalto termina perseguição, troca de tiros e morte no Vale

A queda aconteceu logo depois que o avião decolou. As causas do acidente ainda não foram identificadas. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave estava com o certificado e a manutenção em dia. O avião tinha decolado de Piracicaba com destino a Belém.

*Com informações de Folhapress, G1 e Metrópoles

Leia também

Lula ficará com título de cidadão catarinense, decide Justiça

Inspiração para SC, Paraná terá pedágios de até R$ 15

Temporal provoca estragos em cidades de SC; veja imagens

Colunistas