nsc
santa

Violência doméstica

Jovem de 16 anos é agredida e ameaçada com enxada em Timbó, no Vale do Itajaí

Segundo a polícia, agressões ocorreram depois que ela manifestou intenção de se separar do autor

24/10/2021 - 06h48 - Atualizada em: 24/10/2021 - 15h29

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Companheiro da vítima usou enxada para ameaçar a vítima, segundo a PM
Companheiro da vítima usou enxada para ameaçar a vítima, segundo a PM
(Foto: )

Uma jovem de 16 anos foi agredida pelo companheiro na madrugada deste domingo (24), no bairro Tiroleses, em Timbó. Segundo informações da Polícia Militar, as agressões teriam ocorrido depois que a adolescente disse que pretendia se separar dele.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ainda conforme a PM, o companheiro da vítima teria agredido a jovem e familiares dela com socos e chegou a pegar uma enxada para ameaçá-los.

O autor é um homem de 29 anos. Ele foi preso depois que a polícia chegou ao local. Todos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Indaial, onde o caso foi registrado.

Mais de 170 mulheres denunciam casos de violência doméstica por dia em SC

Outros dois casos tiveram ameaças com arma e tesoura

Outros dois casos de violência contra a mulher também foram registrados entre sábado e domingo na mesma região. Em um dos casos, um homem de 45 anos foi até a casa da ex-mulher e teria a ameaçado com uma faca. A vítima tem 44 anos. O caso ocorreu no bairro Encano Baixo, em Indaial.

Segundo a PM, o ex-marido da vítima teria ido até a casa dela para pegar uma máquina de lavar. No entanto, ao chegar ao local, pegou uma faca e pôs no pescoço da mulher, em meio a ameaças. Ele teria ido até o carro e ameaçado também com uma arma de fogo. Nesse momento, a polícia chegou ao local, impedindo que ele fugisse.

O homem foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Indaial. Em revista feita ao carro do ex-marido da vítima, foi encontrada uma arma de Air-soft, que tem formato semelhante a uma arma de fogo. O artefato também foi recolhido.

Ainda na noite de sábado, outro caso de violência doméstica ocorreu em Indaial. A vítima foi uma mulher de 35 anos. Ela relatou aos policiais que o companheiro a ameaçou com uma tesoura e disse que daria um tiro na cabeça dela. As agressões, segundo a vítima, seriam recorrentes.

O companheiro dela, de 37 anos, recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Indaial.

Leia também

Lei Maria da Penha: conheça a legislação de combate à violência contra a mulher

Número de feminicídios cai 30% em SC, mas pedidos de medida protetiva têm alta

Como a pandemia mudou o combate ao feminicídio e à violência doméstica em SC

Colunistas