nsc
hora_de_sc

Meio ambiente

Lagoa da Conceição tem água imprópria para banho após rompimento de estrutura da Casan

Casan deve ser multada pela Floram, pela contaminação ambiental que o rompimento causou

27/01/2021 - 16h20 - Atualizada em: 27/01/2021 - 19h48

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Multa deve ser aplicada à Casan pela contaminação ambiental
Dos nove pontos analisados na região, cinco apresentaram altos níveis de coliformes fecais
(Foto: )

A água da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, está imprópria para banho, segundo análise feita pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), após o rompimento de um lago artificial da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), que causou alagamentos em ruas e casas da região na manhã da última segunda-feira (25). 

> Casan sabia do risco de vazamento em lagoa artificial desde 2017

O resultado das amostras diz que, dos nove pontos examinados semanalmente, cinco deles estão prejudicados. Três dias antes do extravasamento da lagoa artificial, a balneabilidade apontava apenas dois pontos sem condições de receber banhistas. Ainda, conforme o relatório, nos locais mais próximos de onde ocorreu a inundação, os índices de coliformes fecais estão altos. 

O extravasamento da lagoa que recebe efluentes da estação de tratamento poderá resultar em multa à Casan ainda nesta quarta-feira (27). 

A Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram) informou que levará em conta os relatórios ambientais, entre eles o que foi entregue pelo IMA, para definir o valor da multa.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

As coletas de balneabilidade ocorrem todas as semanas em nove pontos na Lagoa da Conceição. O relatório é divulgado às sextas-feiras, mas, excepcionalmente nesta semana, a análise foi antecipada por causa do acidente.

Aberta investigação para apurar desleixo da Casan na Lagoa da Conceição

A reportagem procurou a Casan para posicionamento sobre a contaminação da área, mas não teve retorno até às 17h20min.

Pontos impróprios

- Em frente à servidão Pedro Manuel Fernandes.

- Em frente à rua de acesso à Praia da Joaquina.

- Avenida das Rendeiras, na altura do nº 1.480.

- Em frente à rua Manuel Isidoro da Silveira.

- Avenida Osni Ortiga, na altura do nº 2267.

Leia mais

Famílias atingidas por rompimento de lagoa serão ressarcidas pela Casan

"Nenhum técnico previu o risco de rompimento", afirma engenheiro

Colunistas