nsc
    santa

    Empresário

    Luciano Hang diz não ser bolsonarista e provoca Lula em entrevista

    À Veja, o empresário ainda citou o início da operação com a Havan em SC, e se defendeu após a suspensão das redes sociais pela Justiça

    01/08/2020 - 08h38

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Luciano Hang concedeu entrevista à Veja e falou sobre inquérito das fake news e crise da Covid-19.
    Luciano Hang concedeu entrevista à Veja e falou sobre inquérito das fake news e crise da Covid-19.
    (Foto: )

    Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, disse “não ser bolsonarista” e aproveitou para provocar o ex-presidente Lula em entrevista à Veja. O empresário catarinense também falou sobre a suspensão das contas nas redes sociais feita pela Justiça no desdobramento das investigações ligadas ao inquérito das fake news, sobre a crise da Covid-19 e a relação com o presidente.

    Sobre os bloqueios das páginas, Hang afirmou ter ficado “decepcionado”, disse que sofre ataques de “blogs, sites, e jornais de esquerda” e garantiu que processa "cada um". Na entrevista, empresário defendeu que não tinha por que a suspensão das contas ser feita e alegou estar sendo “cerceado do direito de ter as redes sociais”.

    Quanto à relação com Jair Bolsonaro (sem partido), o empresário catarinense garantiu não falar com o presidente “há uns 15 dias” e afirmou que não é bolsonarista. Após a afirmação, Hang foi questionado pela reportagem e disse que “naquilo que o governo fizer certo, vai defendê-lo, no que fizer errado, vai criticá-lo”.

    Perguntado sobre por que se envolve em confusões, o empresário afirmou não poder “aceitar o errado como verdadeiro” e citou a época em que a Havan, em Brusque, começou a abrir aos domingos e feriados: “você acha que foi fácil fazer isso numa cidade com 60 mil habitantes, há 30 anos, enfrentando padre, bispo, sindicato?” — rebateu à Veja.

    Hang aproveitou para cutucar o ex-presidente Lula, ao lembrar o dia em que ofereceu emprego ao petista: “ele não quis, né? Não está acostumado. Se aceitasse, eu garanto a você que ele iria aprender a trabalhar — ou, caso não desse resultado, seria demitido”.

    Leia também

    Luciano Hang sobe 14 posições na lista dos bilionários da Forbes

    Bolsonaro expôs a influência de Luciano Hang no governo federal

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Política

    Colunistas