nsc
an

Luto

Mãe de menina de 5 anos morta em acidente cria projeto para beneficiar crianças de SC

Alícia tinha 5 anos e estava no carro que foi atingido por um motorista bêbado

22/01/2022 - 12h02 - Atualizada em: 22/01/2022 - 13h44

Compartilhe

Clarissa
Por Clarissa Battistella
Alícia tinha 5 anos e morreu após o veículo que estava ser atingido por outro carro
Alícia tinha 5 anos e morreu após o veículo que estava ser atingido por outro carro
(Foto: )

A mãe da menina de 5 anos morta em um acidente envolvendo motorista embriagado em Rio Negrinho, no Norte catarinense, no mês passado, encontrou uma forma de tentar lidar com o luto criando o projeto "Por você Alícia". Alícia Bindemann Carini foi encontrada pelos socorristas no colo da mãe, Michele Bindemann, com ferimentos na cabeça. Ela não resistiu.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Michele contou ao g1 SC que se inspirou na alegria que Alícia tinha ao ir para a escola, para criar o projeto. A ideia é arrecadar mochilas e materiais escolares para doar a quem precisa.

— Alícia era uma criança que amava sua escola, seus materiais, que estava sonhando com a mochila nova que ganharia este ano. E eu busco encontrar nos sorrisos dessas crianças que vão ganhar essas mochilas o sorriso dela também — conta.

O foco principal é ajudar outras mães que perderam os filhos, além de ações pontuais que beneficiem crianças carentes. A primeira delas, que já está em andamento, chama-se "As mochilas de Alícia". Nesta fase, serão entregues materiais escolares para pessoas carentes.

Como ajudar

O projeto vai arrecadar mochilas e materiais escolares até o dia 30 de janeiro em Mafra, Joinville e São Francisco do Sul. Para Florianópolis, o prazo vai até 3 de fevereiro.

As crianças que vão receber as mochilas e material escolar são atendidas pelo Hospital Infantil de Joinville, pelo Somar de Florianópolis e uma comunidade carente do bairro Majorca, em São Francisco do Sul.

Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com as voluntárias de cada cidade que participa. Veja abaixo os telefones.

  • Joinville: Elaine Philippi (47) 9638-4568
  • Florianópolis: Somar (48) 98441-0217
  • São Francisco: Camila Vizoto (47) 99127-4910
  • Mafra: Cristiane Grein (47) 99229-7254

O acidente

Alícia estava em um carro junto da família quando o veículo foi atingido de frente por outro que invadiu a contramão em um domingo de dezembro (19). Ela foi resgatada ainda com vida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo Michelle contou à reportagem do AN, a família viajava de Joinville em direção a um resort em Itá para comemorar o aniversário de 70 anos da avó de Alícia quando o motorista do Punto invadiu a pista contrária.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista responsável por provocar o acidente estava bêbado. Oito horas após a colisão, o homem fez o teste do bafômetro e o resultado ainda deu positivo para a presença de álcool no organismo.

Segundo relato dos bombeiros, no Punto estavam quatro homens que teriam saído de uma festa e voltavam para casa, em São Bento no Sul, quando o condutor perdeu o controle do carro e invadiu a pista contrária, onde bateu de frente com a Ecosport que estava a família de Michelle.

Um dos passageiros do Punto, que estava no banco de trás, foi resgatado inconsciente. Os outros três não se feriram com gravidade. O acidente ocorreu por volta das 6h, na altura do Km 134.

As oito pessoas envolvidas no acidente precisaram de atendimento médico. O Punto ainda teria batido de raspão no retrovisor de um Cruze. Nele estavam os avós da menina morta e o irmão mais novo da vítima, de três anos. Neste veículo, ninguém se machucou.

Leia também

Elza Soares fez show em Joinville na década de 1970 para trabalhadores da Tupy

Bebê nasce em carro de motorista de Joinville no dia do aniversário dele: "Gratificante"

Casos de gripe e Covid fazem Hospital Bethesda bater recorde de atendimentos em Joinville

Colunistas