Mais de duas toneladas de camarão sem origem foram apreendidas na noite desta sexta-feira (26), em Penha, Litoral Norte de Santa Catatarina. A apreensão foi em uma ação de combate à pesca ilegal feita pela Polícia Militar Ambiental de Florianópolis.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp 

A carga, segundo a polícia, estava armazenada em um depósito usado para beneficiar pescados. Eram camarões Rosa e Vanammei. O proprietário do local foi multado em R$ 65 mil.

Esta é a segunda apreensão desse tipo de pescado em uma semana na cidade. Na terça-feira (23), mais de uma tonelada de camarão foi apreendida. Havia ao menos 10 pessoas praticando o processo de salga, para conservar o crustáceo, sem qualquer autorização ou licença dos órgãos responsáveis.

O proprietário da residência foi multado e teve o estabelecimento interditado. Os pescados apreendidos foram doados para a Entidade Beneficente Você Tem Valor.

Continua depois da publicidade

Segundo a Polícia Militar Ambiental, a captura de peixes fora das normas vigentes causa prejuízos irreversíveis ao meio ambiente, provocando desequilíbrio na biodiversidade marinha e colocando espécies em risco de extinção.

Leia mais

Casa noturna onde argentinas denunciaram ter sido estupradas é interditada em SC

Túnel submerso entre Itajaí e Navegantes terá edital lançado pelo Governo do Estado

Destaques do NSC Total