nsc
dc

Esquema criminoso

Mais de 500 quilos de carne de cavalo apreendidos no Sul de SC estavam em CTG

Polícia investiga se o material confiscado seria vendido para consumo humano

16/09/2021 - 11h04 - Atualizada em: 16/09/2021 - 15h32

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Cinco pessoas foram presos por envolvimento no esquema criminoso
Cinco pessoas foram presas por envolvimento no esquema criminoso
(Foto: )

A Operação Hefesto apreendeu nesta quinta-feira (16) no Morro da Fumaça, no Sul catarinense, cerca de 520 quilos de carne de cavalo. A polícia investiga se os produtos seriam vendidos para consumo humano. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Além da carne, foram apreendidos drogas, armas e dinheiro. A maioria das buscas aconteceu no CTG Herança do Velho Pai, no Bairro Frasson. 

As investigações começaram em maio de 2021 e conectam a possível venda ilegal aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, receptação e furto de gado.

Nove mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária foram cumpridos. 

Segundo o delegado Ulisses Gabriel, até a manhã desta quinta, cinco pessoas foram presas. Duas delas por crime contra o consumidor, outras duas por tráfico de drogas e uma por associação criminosa.

Mais de 500 quilos de carne apreendidos no CTG Herança do Velho Pai
Mais de 500 quilos de carne apreendidos no CTG Herança do Velho Pai
(Foto: )

O nome da operação é em homenagem ao Deus mitológico grego do fogo, Hefesto. A referência, segundo a polícia, é aos tropeiros que traziam gado e paravam no Morro da Fumaça. Ali acendiam fogueiras em seus acampamentos devido às neblinas existentes no local.

Leia também 

Carne vencida virava espeto corrido em churrascarias de SC, aponta investigação da polícia

Como funcionava o esquema de venda de carne vencida a churrascarias de SC

Criação de javaporcos, espécie híbrida de javali e porco, é encontrada em SC

Colunistas