nsc
dc

LUZ NO CÉU

Meteoro é visto em cidades da Bahia; veja vídeo

Na região Sul do país, o fenômeno já foi registrado 11 mil vezes desde janeiro, segundo o Observatório Heller & Jung

27/10/2020 - 14h14

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
 Segundo relatos, o fenômeno foi notado por volta das 21h35 desta segunda-feira (26)
Segundo relatos, o fenômeno foi notado por volta das 21h35 desta segunda-feira (26)
(Foto: )

Moradores de cidades da Bahia foram surpreendidos na noite desta segunda-feira (26) por um meteoro que passou pela atmosfera da Terra. Segundo relatos, o fenômeno foi notado por volta das 21h35. Em Ituberá, cidade do baixo sul baiano, o produtor cultural Roberlan Araújo descreveu o momento em entrevista ao portal G1. 

- Primeiro, sentimos um estrondo muito forte, seguido de um tremor. Estava na cozinha e os armários chacoalharam. Logo, todos estavam na rua se perguntando o que havia acontecido. Os grupos de WhatsApp lotaram de relatos de um clarão no céu, uma bola de fogo que o cortava e esse tremor forte - relata. 

> Luzes no céu surpreendem moradores em diversos lugares do Brasil

De acordo com o presidente da Associação Paraibana de Astronomia (APA) e integrante da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon), Marcelo Zurita, o meteoro não apresenta risco, apesar de assustar os moradores por causa do barulho e tremor. 

- Ao que tudo indica ele atingiu as camadas mais baixas da atmosfera. Quando há algum evento como esse, o que há de mais perigoso, o que causa mais risco, é o deslocamento de ar. As pessoas sentem como tremor de terra, mas ele treme paredes, janelas, não a terra em si, tanto que ele não é captado pelos sismógrafos. É da mesma forma quando sentimos um caminhão pesado passando pela rua - explicou ao G1.

> Lua contém mais água do que se acreditava, diz Nasa

Fenômeno em Santa Catarina 

No início de outubro, um meteoro filmado no céu de Santa Catarina e no Rio Grande do Sul causou um clarão que assustou moradores. Segundo especialistas, foi o maior meteoro registrado no Sul do Brasil nos últimos anos. Na época, a "bola de fogo" cruzando o céu pôde ser vista em algumas cidades do Estado, como Criciúma, Timbé do Sul, Turvo e Tangará.

> Queda de meteoro de grande magnitude é registrada em SC e no RS; veja vídeo

Na região, esses fenômenos ocorrem com grande frequência, mas nem sempre são vistos pela população. O Observatório Heller & Jung, do Rio Grande do Sul, já registrou mais de 11 mil meteoros de baixa magnitude na área de cobertura do observatório, que abrange RS, SC e PR, desde janeiro de 2020. 

Meses antes, no dia 26 de agosto, uma câmera em Florianópolis flagrou uma queda de meteoro. Era um bólido provavelmente com o tamanho de um punho humano, e que gerou uma forte luz no céu. Em junho e julho, o fenômeno também marcou presença no céu de cidades de Santa Catarina. 

> Meteoros são registrados com frequência em SC; relembre

A situação mais recente foi na segunda quinzena de outubro, quanda a chuva de meteoros Orionídeas, que acontece na direção da constelação de Orion, pôde ser vista a olho nu pelos catarinenses.

> Como ver a chuva de meteoros Orionídeas, vindos do Halley, em Santa Catarina

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Colunistas