nsc
dc

Tempo

Microexplosão causada por ciclone provocou estragos no Oeste de SC, diz Epagri

Segundo o órgão, passagem do fenômeno foi registrada em Xanxerê e Xaxim

26/11/2021 - 16h07

Compartilhe

Luana
Por Luana Amorim
Chuva causou dezenas de estragos em Xanxerê
Chuva causou dezenas de estragos em Xanxerê
(Foto: )

A Epagri descartou nesta sexta-feira (26) a passagem de um tornado pelo Oeste de Santa Catarina. De acordo com o órgão, os estragos registrados na quinta-feira (25) em Xanxerê e Xaxim foram causados por outro fenômeno, conhecido como microexplosão, que tem relação com o ciclone extratropical que atingiu a região. Árvores foram derrubadas e milhares de pessoas ficaram sem energia elétrica após as chuvas. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp 

De acordo com o meteorologista Marcelo Martins, apesar da força de destruição ser parecida com a de um tornado, algumas características diferenciam um fenômeno do outro.

— Pelas análises, seria uma microexplosão. As características mostram que não houve retorsão, os ventos ficaram em torno de 90 km/h, na mesma direção, assim como estragos que também cairam só de um lado. Isso mostra que não havia nenhuma assinatura de tornado — pontua.

A Defesa Civil estadual também descartou a possibilidade do tornado. De acordo com o órgão, a responsável pela formação dos temporais no Oeste foi a passagem de um ciclone extratropical. 

Isso fez com que cidades registrassem ventos de mais de 60 km/h, o que causou alagamentos, deslizamentos e a interrupção de energia em cerca de 117 mil unidades consumidoras.

> Por que o Oeste de SC "atrai" tantos tornados

Confira as cidades com a maior velocidade dos ventos nesta quinta-feira (25):

  • Bom Jardim da Serra: 95,8 km/h
  • Xanxerê: 87,1 km/h
  • Chapecó: 86,1 km/h
  • Urupema: 79,4 km/h 
  • Joaçaba: 77,4 km/h 
  • Ponte Serrada: 76,6 km/h 
  • São Miguel do Oeste: 70,9 km/h 
  • Campo Belo do Sul: 69,3 km/h 
  • Campos Novos: 66,6 km/h 
  • Imbituba: 66 km/h 
  • Caibi: 64,7 km/h 
  • Concórdia: 60,8 km/h 
  • Tangará: 60 km/h 
  • Caçador: 54 km/h 

> Ciclone, vendaval, tempestade, tornado e tufão: entenda a diferença

Temporal derrubou árvores e causou estragos em SC 

A forte chuva que atingiu o Estado nesta quinta-feira (25) causou estragos, principalmente, em municípios do Oeste. Em Xanxerê, por exemplo, uma árvore caiu sobre uma escola da rede municipal de ensino. Ninguém ficou ferido. 

No interior, casas ficaram destelhadas e trechos da BR-282, SC-155 e SC-350 registraram galhos sobre as pistas. Também houve ocorrências em Chapecó, Seara e Serra Alta, provocadas pelo temporal.

Veja imagens dos estragos:

Alerta de temporais continua nesta sexta-feira

Segundo a Defesa Civil ainda há alertas para chances de rajadas de vento em todo o Estado nesta sexta-feira (26) devido ao ciclone extratropical. Os ventos podem chegar à marca de 70 km/h.

Na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, Litoral Norte, Litoral Sul, Planalto Sul e Meio-Oeste há risco "moderado para ocorrências relacionadas aos ventos", segundo o órgão.

Leia também:

Santa Catarina está na segunda região mais propícia a tornados em todo o mundo, diz pesquisa

Defesa Civil confirma ocorrência de tornado no Meio-Oeste de SC

Granizo causa estragos e surpreende moradores de Canelinha; veja fotos e vídeos

Colunistas