nsc
an

Luto

Morre o médico Antônio Sérgio Baptista, em Joinville, por Covid-19

Especialista em gastroenterologia e endoscopia, médico era conhecido e atuava na cidade desde a década de 1990

08/01/2021 - 16h16 - Atualizada em: 08/01/2021 - 16h31

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Antônio Baptista tinha 68 anos
Antônio Baptista tinha 68 anos
(Foto: )

O médico gastroenterologista e endoscopista Antônio Sérgio Ferreira Baptista morreu nesta sexta-feira (8) após contrair coronavírus

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Antônio tinha 68 anos, era natural do Rio de Janeiro, mas morava em Joinville desde a década de 1990, quando ingressou no corpo clínico do Hospital Dona Helena. 

Antônio estava internado desde o dia 5 de dezembro de 2020 depois de contrair Covid-19. Ao apresentar complicações, Antônio não resistiu e faleceu depois de pouco mais de um mês hospitalizado. 

> "Era um verdadeiro anjo", diz mãe de paciente após morte de médico Marco Aurélio Gamborgi

Ele era graduado em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e especializado em gastroenterologia pelo Wakayama Medical College, uma das maiores escolas de Medicina do Japão.

Em nota, o hospital Dona Helena lamentou a morte do médico e destacou: Antônio Sérgio percorreu uma jornada de muito sucesso pessoal e profissional no Norte catarinense.

> Médico de Joinville recebe alta depois de 149 dias na UTI para pacientes com Covid-19; veja vídeo

Leia a nota na íntegra:

"O Hospital Dona Helena lamenta profundamente o falecimento, hoje, do gastroenterologista e endoscopista Antônio Sérgio Ferreira Baptista, aos 68 anos. Carioca, vivia em Joinville desde o início da década de 90 – e ingressou no corpo clínico da instituição em 1992. Carismático e afetivo, o doutor Antônio era muito querido por todos. Graduado em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e especializado em gastroenterologia pelo Wakayama Medical College, uma das maiores escolas de Medicina do Japão, Antônio Sérgio percorreu uma jornada de muito sucesso pessoal e profissional no Norte catarinense. Botafoguense convicto, leitor dedicado, escritor e colunista de jornal, o médico integrava o Serviço de Endoscopia do Hospital Dona Helena há cerca de três décadas. Deixa a esposa Jaqueline Grendene e a filha Laura."

> SC espera ter vacina contra o coronavírus até o começo de fevereiro, diz secretário de Saúde

Terceiro médico a morrer em Joinville

Antônio é o terceiro médico a morrer por causa da doença em Joinville e o 18º em Santa Catarina.

A maior cidade do estado também já registrou a morte de Marco Antônio Garcia, 46 anos, além do cirurgião Marco Aurélio Gamborgi, 57 anos. 

Colunistas