nsc
dc

Música

Músico catarinense homenageia o Teatro Alfredo Sigwalt, de Joaçaba, em novo single

Serginho Almeida, que hoje vive em Blumenau, começou sua trajetória artística nos porões do teatro

02/08/2021 - 12h47

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Serginho Almeida
"Pouquinho", o primeiro single da carreira de Serginho Almeida, presta uma homenagem ao Teatro, decisivo para a sua formação pessoal e artística
(Foto: )

O início da trajetória artística do músico Serginho Almeida foi marcado pelo teatro e aconteceu na cidade de Joaçaba, no Oeste de Santa Catarina, onde o artista passou a infância e a juventude. Naqueles tempos, os ensaios de artes cênicas e da orquestra da Sociedade de Cultura Artística de Joaçaba e Herval d'Oeste (SCAJHO) aconteciam nos porões do que viria a ser o Teatro Alfredo Sigwalt, que, após um demorado processo de construção, foi finalmente concluído em 2003.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Pouquinho, o primeiro single da carreira de Serginho Almeida, presta uma homenagem ao espaço cultural, decisivo para a sua formação pessoal e artística. A música já está disponível nas plataformas digitais.

Neste período de formação cultural, além do aprendizado intenso do teatro, Serginho teve a oportunidade de estudar música com Roberto Garayo e o próprio maestro Alfredo Sigwalt, que dá nome ao teatro. Em 2017, Serginho já não vivia na cidade há alguns anos, quando foi convidado a participar do show do Sabor de Pitanga, grupo de compositores que havia integrado na juventude, por ocasião das comemorações do centenário de Joaçaba, justamente no Teatro Alfredo Sigwalt.

- Depois de vinte e cinco anos eu voltei para essa apresentação, e foi quando surgiu a inspiração de prestar uma homenagem ao teatro - conta Serginho, que hoje é morador de Blumenau. - Uma homenagem a toda história de formação cultural que foi desenvolvida ali naqueles porões e a esse espaço que agora é um teatro extremamente bem preparado para receber espetáculos.

> Morte de Amy Winehouse completa dez anos; relembre a passagem da cantora por Florianópolis

A produção de Pouquinho é assinada por Luizinho Pereira, de Florianópolis. Todos os instrumentos foram gravados pelo próprio produtor e por Serginho Almeida, com alguns elementos inseridos através de programação.

- É a primeira vez que eu uso o violoncelo, por exemplo, nas minhas músicas, e fiquei muito feliz com o resultado - diz Serginho.

Ouça Pouquinho:

Leia também:

> MC Kevin: depoimento de nova testemunha contradiz versões de amigos do funkeiro

> Novo livro reúne mais de 500 fotos da Ponte Hercílio Luz

> Canadense usa inteligência artificial para simular conversas com sua noiva, morta em 2012

Colunistas