nsc
hora_de_sc

Celebridades

Separação de Nego do Borel e Duda Reis acaba com denúncia de traições, agressões e estupro

Nesta semana, cantor e atriz registraram boletins de ocorrência

15/01/2021 - 17h09

Compartilhe

Por Janaína Laurindo
Duda Reis e Nego do Borel abraçados
Duda Reis e Nego do Borel iniciaram o relacionamento em fevereiro de 2019
(Foto: )

O término da relação conturbada do cantor Nego do Borel e da atriz Duda Reis, em dezembro de 2020, tem dado o que falar nas redes sociais e também virou caso de polícia. O ex-casal, que começou a relação em fevereiro de 2019, afirmou na época da separação que a decisão pelo fim do relacionamento teria sido em comum acordo, de forma amigável e se mágoas. 

— A vida é mesmo uma caixinha de surpresas, com caminhos que às vezes não conseguimos entender. Mas a certeza que trago hoje comigo, é de que nosso amor foi real — escreveu Borel em suas redes sociais.

Mas nesta semana, uma gravação em áudio, que comprova uma traição de Nego, na época em que ainda estava com a atriz, foi o estopim para a verdade sobre o fim do noivado. Duda usou suas redes sociais para expor o relaciomento abusivo vivido com o cantor. Em vídeos publicados no Stories do Instagram, a atriz e modelo diz que foi agredida fisicamente e verbalmente pelo cantor e que abriria um boletim de ocorrência para denunciá-lo.

> Big Brother Brasil: por onde anda o primeiro participante catarinense do reality show

— Eu era muito manipulada, eu tinha muito medo, ele me ameaçava. Ele dizia que eu brigava com cachorro grande, que ele ia mandar matar a minha família [...] Eu me sentia um rato num beco sem saída, era a pior sensação do mundo — afirma.

Duda vai à polícia

Na última quinta-feira (14), Duda foi à Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, para registrar um boletim de ocorrência, acompanhada da advogada Gizelly Bicalho, ex-BBB, que ofereceu ajuda pelas redes sociais quando soube do caso. No Rio de Janeiro, Nego do Borel também decidiu registrar um B.O. contra a ex-noiva. A Policia Civil do Rio de Janeiro confirmou que ele acusa a ex-noiva de difamação. O caso está registrado no 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes).

> Oscar 2021: curta-metragem catarinense, Baile, concorre a uma vaga na categoria Live Action

Traição, agressão e estupro

Nego também usou suas redes sociais para dar sua versão sobre o término do relacionamento e das acusões direcionadas a sua pessoa.

— Sim, houve traição, que foi um erro do qual não me orgulho — admitiu. 

— Me arrependo muito e não trouxe a público antes para não expor terceiros. Mas, além disso, têm saído muitas mentiras a meu respeito. Coisas que têm me deixado triste, mas não vou ficar aqui discutindo, e sim provar minha inocência — revelou o cantor que também está sendo orientado por uma advogada.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Em entrevista ao colunista Leo Dias, o cantor falou sobre a acusação de estupro no B.O. registrado por Duda. Segundo a atriz, ele teria praticado atos sexuais enquanto ela estava sob efeito de remédios.

— Eu nunca fiz isso, eu não sei de onde ela tirou isso — disse ele ao colunista.

Família era contra o relaciomento

O primeiro término do casal foi em dezembro de 2019, na época eles não comentaram sobre o assunto. Em abril de 2020, quando reataram a relação, a família de ambos também entrou no caso. Luiz Fernando Barreiros, médico e pai de Duda, usou a internet para atacar o genro. 

— Prepotente, se acha o melhor. É um manipulador contumaz. Quer nos rotular de racistas, mas não comenta o quão bem foi recebido aqui em nossa casa durante muito tempo — afirmou o médico. Borel então respondeu, na época, que a resistência dos pais da atriz acontecia por questões racistas: 

> "Estamos com você, mito": jovem gamer vítima de racismo recebe apoio nas redes sociais

— Infelizmente vivemos numa sociedade em que pessoas de cor de pele preta ou vindas de comunidade são muito marginalizadas, mesmo que a gente tenha conseguido mudar de vida com o suor do nosso trabalho honesto.

Mãe de Duda, Simone Barreiros também resolveu alfinetar o músico ao rebater acusações de racismo. 

— Amo os negros de bom caráter. Inclusive, estou agora com uma amigaça negra. Vocês insistem em me intitular como racista. Tolos — desabafou a médica em suas redes sociais após um internauta comentar uma de suas foto, indicando que ela não aceita o relacionamento da filha porque Nego do Borel é negro.

Nego e Anitta

Anitta e Nego do Borel
Nas imagens, Anitta aparece sentada em cima do balcão de um banheiro abraçada a Borel
(Foto: )

O pai de Duda também não gostou de ver o namorado da filha em um ensaio de fotos com a cantora Anitta, divulgadas em outubro de 2020. Nas imagens, a artista aparece sentada em cima do balcão de um banheiro abraçada a Borel, que está sem camisa e com uma toalha amarrada na cintura.

> Fotos de Anitta e Nego do Borel recebem críticas nas redes sociais

Duda Reis já havia se pronunciado sobre a exposição do caso e ressaltado que ainda sentia carinho pelos pais, mesmo eles não aprovando sua relação com o cantor. 

— Eu amo muito meus pais e eles sabem, eles sabem mais do que ninguém. Eu sempre fui aquela filha que ama muito, que sempre fala o tempo inteiro o quanto ama, sempre honrou, sempre foi grata. E acho que tudo precisa ser conversado, e é o que vai acontecer. Eu sou contra mesmo a exposição — afirmou ela.

Com os desdobramentos, Anitta se manifestou sobre a separação e a relação com o amigo e cantor Nego do Borel.

— Não passo a mão na cabeça de amigo que fez besteira só porque amo. Meu papel já fiz há tempo e sigo fazendo até hoje. O certo é o certo, o errado é o errado. Encorajo sempre a todas as mulheres a buscarem segurança e paz em suas relações. Assim sempre será. Boa noite — escreveu a cantora no Twitter.

* Com informações FolhaPress

Colunistas