nsc
    dc

    Balanço

    Ocupação de UTIs volta a subir no Oeste e em mais 5 regiões de SC

    Índice de casos ativos de covid-19 evolui pelo quarto dia seguido e é o mais alto desde 18 de janeiro. Estado tem novas 25 mortes

    11/02/2021 - 18h38 - Atualizada em: 11/02/2021 - 18h44

    Compartilhe

    Cristian Edel
    Por Cristian Edel Weiss
    Ocupação de leitos adultos no Oeste é de 96,4%
    Ocupação de leitos adultos no Oeste é de 96,4%
    (Foto: )

    Santa Catarina registrou mais um dia com alta de casos ativos e na ocupação de leitos de terapia intensiva (UTIs) do Sistema Único de Saúde (SUS) nesta quinta-feira, 11. Após queda nesta quarta-feira, o Oeste, que vive desde o ínicio da semana a superlotação de leitos, voltou a registrar crescimento e atinge 93,4% de ocupação geral (entre leitos adultos, pediátricos e neonatais), sendo 96,4% entre os leitos adultos. 

    > Painel do Coronavírus: saiba como foi o avanço da pandemia em SC

    De quatro hospitais do Oeste que atendem pelo SUS, a situação mais crítica, segundo dados do Estado, é do Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê, que está lotado e tem 17 dos 26 leitos adultos ocupados por pacientes suspeitos ou confirmados de ter coronavírus. 

    Na sequência, os hospitais Regional Oeste (97,87% dos leitos adultos), de Chapecó, e Terezinha Gaio Basso (96,43%), em São Miguel do Oeste, apresentam índice próximo à superlotação. Apenas no Regional há 36 pacientes com covid-19 ou suspeitos internados em UTIs. A situação é menos grave no Hospital São José, de Maravilha, que tem 80% de ocupação e apenas 1 paciente de covid-19. 

    Como Joinville vai monitorar a nova variante do coronavírus

    Em todo o Estado, há cinco hospitais onde todos os leitos adultos estão lotados e há pacientes suspeitos ou confirmados de covid-19 entre eles. Além do Regional São Paulo, há dois hospitais do Planalto Norte (Sagrada Família e São Vicente de Paulo), um no Meio-Oeste (Helio Anjo Ortiz) e outro em Florianópolis (Hospital Universitário. 

    A ocupação média geral (entre leitos adultos, pediátricos e neonatais) em Santa Catarina é de 78,1%, sendo 78,6% nos leitos adultos, que são os mais demandados pelos pacientes com covid-19.

    Ocupação por região de leitos do SUS (adultos, pediátricos e neonatais)

    Em parênteses, a taxa de ocupação somente para leitos adultos (▲▼ evolução em relação ao dia anterior)

    Santa Catarina: 78,1% no geral (78,6% nos leitos adultos )

    Oeste: 93,4% ▲ (96,4%▲)

    Planalto Norte: 86,4% ▲ (91,4%▲)

    Meio-Oeste e Serra: 82,1% (84%)

    Grande Florianópolis: 82,1%▲ (82,7%)

    Foz do Rio Itajaí: 73,5% (74,5%)

    Vale do Itajaí: 68,9% (65,6%)

    Sul: 61,1% (58,3%)

    Sobe para 18,3 mil o total de casos ativos no Estado

    No total, Santa Catarina registra nesta quinta-feira mais 3.350 casos confirmados de coronavírus, chegando ao acumulado de 605.183 casos desde o início da pandemia. O Estado também registra pelo quarto dia consecutivo crescimento no total de casos ativos, que estão em tratamento contra a covid-19 e são capazes de transmitir o coronavírus. 

    SC tem 96,9 mil pessoas vacinadas contra o coronavírus

    São 18.305 pessoas nessa condição, índice mais alto desde 18 de janeiro. Joinville passou Florianópolis e passa a ter mais casos ativos, com 1994 pacientes em tratamento contra a covid-19.

    Cidades com mais casos ativos

    Joinville 1994

    Florianópolis 1899

    Blumenau 1396

    Chapecó 1222

    Jaraguá do Sul 638

    Palhoça 610

    Balneário Camboriú 434

    Lages 421

    Criciúma 297

    Xanxerê 292

    Itajaí 278

    São José 260

    Concórdia 240

    Pomerode 240

    Rio do Sul 205

    SC tem 22 entre as 357 cidades do país sem mortes por covid-19

    Mais 25 mortes confirmadas nesta quinta

    Conforme levantamento do Diário Catarinense, o Estado registrou 25 novas mortes (veja o detalhamento dos casos na listagem a seguir) e excluiu 1 divulgada na terça-feira, de um homem de 73 anos de Orleans. Das 25 novas mortes, 6 são do Vale do Itajaí, 5 do Planalto Norte, 4 do Sul, 4 da Grande Florianópolis, 4 do Oeste e 2 da Serra. 

    Os pacientes tinham entre 28 e 83 anos. Há uma morte de dezembro, duas de janeiro e as 22 demais ocorreram entre 8 e 11 de fevereiro. 

    Novas mortes confirmadas

    Grande Florianópolis

    23/12: Feminino, 58, Florianópolis

    09/02: Masculino, 74, Florianópolis

    10/02: Masculino, 69, Florianópolis

    09/02: Masculino, 83, Palhoça

    Norte

    10/02: Masculino, 46, Araquari

    09/02: Masculino, 58, Joinville

    10/02: Feminino, 65, Joinville

    11/02: Masculino, 70, Joinville

    10/02: Masculino, 69, Mafra

    Oeste

    10/02: Masculino, 64, Chapecó

    10/02: Masculino, 76, Cunha Porã

    10/02: Masculino, 70, São Miguel do Oeste

    11/02: Feminino, 68, Xaxim

    Serra

    11/02: Feminino, 82, Correia Pinto

    10/02: Feminino, 80, Curitibanos

    Sul

    24/01: Feminino, 77, Braço do Norte

    10/02: Masculino, 64, Cocal do Sul

    10/02: Masculino, 59, Criciúma

    11/02: Masculino, 74, Morro da Fumaça

    Vale do Itajaí

    10/02: Masculino, 83, Balneário Piçarras

    09/02: Masculino, 63, Barra Velha

    10/02: Feminino, 28, Blumenau

    08/02: Feminino, 76, Bombinhas

    23/01: Masculino, 74, Rio do Sul

    10/02: Feminino, 80, Rio do Sul

    Os dados completos por cidade estão disponíveis no Painel do Coronavírus.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas