nsc
santa

Vida

Paciente é escoltado até hospital para fazer exames de transplante em Blumenau

Operação garantiu que trajeto fosse realizado na metade do tempo

24/11/2021 - 20h05 - Atualizada em: 25/11/2021 - 10h30

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Imagens mostram operação para garantir que paciente chegasse a tempo
Imagens mostram operação para garantir que paciente chegasse a tempo
(Foto: )

Um paciente recebeu escolta na manhã desta quarta-feira (24) para chegar rápido ao hospital em Blumenau, no Vale do Itajaí, e fazer os exames necessários para transplante. Ele estava numa ambulância que encontrou o trânsito complicado na BR-470 e o motorista decidiu pedir ajuda da Polícia Rodoviária Federal. O homem de 37 anos chegou a tempo, porém não houve compatibilidade. Ele segue no topo da lista.

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

O paciente embarcou na Central de Ambulância de Balneário Camboriú pouco antes das 9h e, de acordo com a PRF, precisava estar no Hospital Santa Isabel dentro de uma hora. Nesses casos, cada minuto conta por causa do tempo limite para que os órgãos possam ser implantados após a captação no doador. Quando o motorista chegou na BR-470, em Navegantes, percebeu que o trânsito seria um obstáculo e ligou pedindo apoio dos agentes, pois o Arcanjo-03 está em manutenção. 

Pontualmente às 9h25min a ambulância e a equipe da PRF se encontraram no Km 25 da rodovia, em Ilhota. Meia-hora depois, o paciente estava no hospital para receber rim e pâncreas. A PRF diz que é difícil saber quanto tempo exatamente o transporte levaria sem a escolta, mas estima que seriam necessários mais 30 minutos, considerando os trechos de pista simples e do movimento intenso em Blumenau.

Pontualmente às 10h, o paciente chegou ao Hospital Santa Isabel, referência em transplantes em Santa Catarina. Ele e mais duas mulheres, uma de Blumenau e outra de Lages, eram candidatos a receber os órgãos. 

Assista partes da operação de escolta:

Leia também

> Ataque de pitbull mata cachorrinha e deixa mulher ferida em Blumenau

> Praça da prefeitura de Blumenau perde 21 árvores para dar espaço a restaurante

> Condomínio em Blumenau pode ter mais moradores do que a população de 104 cidades de SC

Colunistas