nsc
hora_de_sc

Transporte coletivo

Passagens mais baratas em horários alternativos passam a valer nesta semana em Florianópolis

Desconto na tarifa será de R$1,00; benefício é válido para quem tem o cartão do ônibus

17/01/2022 - 13h42 - Atualizada em: 17/01/2022 - 13h44

Compartilhe

Camilla
Por Camilla Martins
Ônibus em Florianópolis
A intenção da prefeitura é atrair novos usuários para as linhas
(Foto: )

A partir desta terça-feira (18), quem utilizar o transporte coletivo de Florianópolis em horários que não são considerados de pico vai pagar a tarifa com R$1,00 de desconto. Segundo a Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano, o benefício é válido para quem tem o cartão do transporte coletivo. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Os valores cobrados atualmente nos ônibus são de R$ 4,38 para quem usa o cartão e R$ 4,50 para quem realiza o pagamento em dinheiro.   

> Tarifa do transporte coletivo não terá reajuste em Florianópolis em 2022

A passagem mais barata vai valer para o serviço de transporte convencional em dias úteis. De acordo com a prefeitura, o objetivo da ação é atrair novos usuários para as linhas. 

Veja os horários em que a tarifa terá desconto

  • Das 9h às 10h59
  • Das 14h às 15h59
  • Das 20h às 23h59

Além da alteração para o transporte fora do horário de pico, seis linhas de ônibus que circulam nos bairros vão ter 50% de desconto no valor da tarifa. 

Veja as linhas que terão desconto

  • 951 - Santinho - Gaivotas
  • 952 - Canasvieiras - Ponta das Canas
  • 953 - Canasvieiras - Jurerê
  • 954 - Barra da Lagoa - Joaquina
  • 955 - Campeche - Rio Tavares
  • 956 - Campeche - Morro das Pedras

A prefeitura informou que as linhas 170 (Caminho da Cruz via João Paulo), 283 (Vargem do Bom Jesus), 364 (Osni Ortiga) e 661 (Balneário) vão voltar a circular na cidade. 

O desconto também é válido para quem tem o cartão do transporte coletivo municipal. A solicitação de um novo cartão do transporte pode ser feita nos terminais de integração ou por meio do site do Setuf

> SC precisa priorizar o transporte coletivo para não travar

Em dezembro do ano passado, quando foram anunciadas as mudanças nos valores das tarifas de ônibus, Michel Mittmann, secretário de Mobilidade e Planejamento Urbano de Florianópolis, explicou que a tarifa do transporte poderia sofrer reajuste de até 20%, mas que houve uma decisão para subsidiar as tarifas. 

— Considerando um ano extremamente atípico, especialmente na alta de combustíveis, geraria um aumento de quase 20% [no valor]. Por decisão política e pelo Município ter conseguido fazer um esforço fiscal grande, a gente quer retribuir ao cidadão esse esforço e investir neste momento no que a gente mais precisa, que é chamar o usuário de volta ao transporte coletivo — afirmou Mittmann. 

Leia também

Apesar da alta nos casos, SC tem menor taxa de letalidade por Covid-19 no Brasil

Onda de calor mantém alerta para temporais em SC no início desta semana

Morte de jovem em cachoeira de Joinville comove amigos e familiares: "Nossa estrelinha" 

Colunistas