Em meio a onda de calor, a cidade de Urussanga, no Sul de Santa Catarina, bateu a maior marca de temperatura do Estado neste sábado (11), chegando a 40,3°C. A informação é da Defesa Civil do Estado, que registrou as maiores temperaturas do dia.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

Além de Urussanga, a cidade de Siderópolis registrou 38,6°C. Ao todo, oito municípios registraram temperaturas acima dos 37°C.

O sábado também foi de vento forte no Estado. A medição da Defesa Civil marcou rajadas de 97,2 km/h em Balneário Arroio do Silva.

Cidades de SC registram até 39ºC em domingo de calorão; veja temperaturas

Continua depois da publicidade

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu dois novos alertas para a onda de calor em todo o país. Os alertas máximos são para as regiões Sudeste e Centro-Oeste, mas as temperaturas altas também atingem Santa Catarina.

VÍDEO: Tsunami meteorológico é registrado em Laguna, diz Defesa Civil

Segundo a Epagri/Ciram, este domingo (12) deve ser marcado por calor intenso que, somado a áreas de baixa pressão, podem trazer temporais no fim do dia.

Estudo aponta dias de calor extremo cada vez mais frequentes. (Foto Tiago Ghizoni, NSC)

Recorde de temperaturas

Outubro, segundo o Inmet, foi o quarto mês seguido com recorde nas temperaturas no Brasil. Segundo o levantamento do órgão, as temperaturas ficaram acima da média histórica nos meses de julho a outubro.

Quatro meses seguidos tiveram recorde de temperatura (Foto: Inmet, reprodução)

Dos quatro meses, setembro teve o maior desvio (diferença entre a o registrado e a média histórica) desde 1961, com 1,6ºC acima da climatologia de 1991/2020 (média histórica).

Continua depois da publicidade

Em 2023, estes meses foram marcados por calor extremo na maior parte do país e eventos de onda de calor, reflexo dos impactos do fenômeno El Niño (um aquecimento acima da média das águas do Oceano Pacífico Equatorial), que tende a favorecer o aumento da temperatura em várias regiões do planeta.

Outros fatores também contribuem para a ocorrência de eventos cada vez mais extremos, como o aumento da temperatura global da superfície terrestre e dos oceanos.

Ventania derruba árvores em cidades do Sul de SC neste sábado

A previsão do Inmet é que 2023 seja o mais quente desde a década de 1960, levando em conta os resultados dos últimos meses e as perspectivas dos órgãos de meteorologia internacional.

Previsão do tempo para este domingo

Para este domingo (12), o dia também começa com sol, mas fica nublado no decorrer do dia, devido à presença de instabilidades atmosféricas, calor e umidade. Temporais isolados em todas as regiões, mas em especial no Litoral Sul e Grande Florianópolis, também voltam a protagonizar a tarde e a noite.

Continua depois da publicidade

O risco é baixo a moderado para ocorrências associadas aos temporais, como destelhamentos, danos na rede elétrica, queda de galhos e árvores e alagamentos pontuais.

Leia também

Fim de semana “ferve” com temperaturas acima de 30°C e temporais em SC

Principais praias de SC passam por força-tarefa para a temporada de verão 2023/2024

VÍDEO: Tsunami meteorológico é registrado em Laguna, diz Defesa Civil

Destaques do NSC Total