nsc

publicidade

Economia

Pesquisa do Procon aponta cesta básica mais barata neste mês em Joinville

Pesquisa do Procon em oito estabelecimentos demonstrou diminuição de 1,38% no valor, em comparação ao mês passado

13/11/2018 - 09h23

Compartilhe

Por Redação NSC
Apesar da queda, a cebola foi um dos itens que mais aumentou o preço em comparação a pesquisa de outubro
Apesar da queda, a cebola foi um dos itens que mais aumentou o preço em comparação a pesquisa de outubro
(Foto: )

O Procon de Joinville divulgou nova pesquisa de preço dos itens da cesta básica e do churrasco nos estabelecimentos da cidade. O levantamento demonstrou que na cesta básica houve uma redução de 1,38%, assim como nos itens para churrasco em que foi registrada queda churrasco de 1,60%. A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 8 de novembro, em oito supermercados de vários bairros da cidade.

O levantamento completo está à disposição da população na sede do Procon, situada na rua Saguaçu, número 265, no bairro Saguaçu ou no site da Prefeitura de Joinville, clicando aqui.

Cebola teve maior aumento

No início do mês passado o preço médio da cesta era R$ 239,35 e agora R$ caiu para R$ 236,04 (-1,38%). Para compor a cesta básica foram pesquisados 45 itens de alimentos industrializados, carnes e frios, horta, pomar e granja, higiene pessoal e limpeza doméstica.

O preço mais alto apurado foi de R$ 282,67 e o mais baixo R$ 191,02. O preço médio ficou em R$ 236,04. Ao compor uma cesta com os menores preços o Procon chegou ao valor de R$ 171,69. Diante da variação de preços, o Procon recomenda a realização de pesquisas antes de adquirir qualquer produto ou serviço.

— A pesquisa é uma forte arma na prática de preços mais baixos pela concorrência — enfatiza o gerente do Procon, Kleber Degracia.

Os produtos com maior aumento de preços foram a cebola (81,49%), tomate (42,08%), batata lavada (37,76%) e creme dental (10,64%). Os que tiveram redução foram o leite longa-vida (-20,40%), desinfetante pinho (-15,95%), sabão em pó (-12,83%) e ovos vermelhos (-10,61%).

Churrasco

Na pesquisa do churrasco, foram considerados 18 itens nas carnes, carvão e sal grosso em sete estabelecimentos. Comparando com o levantamento do último mês pesquisado houve uma redução de 1,60%. Os preços que mais aumentaram foram a coxinha de asa (9,73%), sal grosso (9,34%), lombo (9,30%) e linguiça toscana (3,71%).

Baixaram de preço o filé duplo (-16,94), linguiça de frango (-10,61%), filé mignon (-8,67) e coração (-4,14%).

Leia mais:

Orçamento do Município de Joinville em 2019 será de R$ 3,04 bilhões

Valor de imóveis varia mais de 200% em Joinville

Incubadora pública de Joinville ajuda a melhorar a renda de empreendedores locais

Deixe seu comentário:

publicidade