nsc
dc

Gestão de Valor

Planejamento financeiro é chave para futuro mais seguro

Para driblar as inconstâncias econômicas, investimento de longo prazo torna-se ainda mais indispensável para chegar ao final da vida laboral de forma tranquila

27/08/2021 - 10h16 - Atualizada em: 31/08/2021 - 15h13

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Durante a pandemia, 41% da população passou a pesquisar mais sobre educação financeira
Durante a pandemia, 41% da população passou a pesquisar mais sobre educação financeira
(Foto: )

Nas últimas oito décadas, o Brasil passou por drásticas mudanças. O país, cuja expectativa de vida não passava de 46 anos em 1940, alcançou no ano passado a marca de 9,6% de população idosa, segundo pesquisa da ONU. De acordo com os últimos dados do IBGE, em 2019, o brasileiro já vivia, em média, mais de 76 anos.

> Novo comportamento do consumidor desafia setor imobiliário

Com maior longevidade e instabilidades do mercado de trabalho, alterações nas regras da aposentadoria e a crise econômica, hoje, as pessoas se preocupam mais com o futuro financeiro.

Mas, mesmo com as inquietações características de nosso tempo, 62% dos brasileiros não costumam guardar dinheiro e, quando guardam, não é algo planejado, e sim uma sobra do orçamento que acaba numa poupança, ou até mesmo, em 20% dos casos, guardado em casa.

Esses dados fazem parte do Indicador de Reserva Financeira do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) de 2017. Apesar de chamarem atenção, os números devem sofrer alterações nos próximos estudos, já que, de acordo com a pesquisa do Instituto Locomotiva e XPeed, 41% da população passou a pesquisar mais sobre educação financeira na pandemia.

Por esses fatores e tantos outros, a população deve começar a se planejar economicamente, buscando investir em maneiras de complementar sua renda na aposentadoria.

> Riscos do Day Trade: Operações diárias na bolsa possuem volatilidade elevada

Essa não é uma preocupação exclusiva de quem está próximo de desfrutar do fim da vida laboral. Os jovens também se inserem cada vez mais nesse cenário.

É o caso do advogado Arthur Bobsin que, logo após se formar em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina, contratou um plano de previdência complementar.

— Preparar-se para o futuro, independentemente do valor, traz segurança e garantia para ter um suporte — conta o advogado de 27 anos que começou a investir no OABPrev-SC aos 23.

Em busca de alternativas

Atualmente, a solução mais viável para usufruir de uma boa renda a longo prazo é pensar no futuro com disciplina. Para isso, o mercado financeiro oferece diversas opções para quem deseja investir ou poupar a longo prazo. O perfil dos investidores varia muito, desde o risco à faixa etária. Mas quando se trata de planejar o futuro, quanto antes começar, melhor será a renda ao se aposentar.

Algumas entidades de previdência complementar fechada investem os recursos dos participantes através da administração de um plano sólido que permanece em constante crescimento. Um bom exemplo disso é o OABPrev-SC, que oferece segurança e transparência necessárias para confiar o planejamento de sua aposentadoria.

— A grande vantagem de investir em previdência é que você mesmo programa seus rendimentos futuros a partir de quando e quanto pode pagar [...] o OABPrev-SC é uma entidade específica voltada aos advogados e seus familiares. É gerida por advogados e para os advogados — Márcio Sachet, atual diretor presidente do OABPREV-SC.

O OABPrev-SC foi pensado especialmente para a advocacia catarinense, buscando atender os sonhos do participante e oferecer benefícios que garantem a sua segurança e de toda a família. Esses benefícios começam no momento da adesão que, por sua vez, acontece cada vez mais cedo.

Criado em 2005, o OABPrev-SC é um plano completo, com benefícios de aposentadoria programada, por invalidez total e permanente, pensão por morte e, na fase do recebimento, oferece ao participante uma renda extra, que funciona como se fosse um 13° salário.

> OABPrev-SC é referência nacional em previdência complementar

O advogado aposentado pelo OABPrev-SC, Neiron Luiz de Carvalho, 67 anos, reforça a importância do investimento pensando na família.

— A Previdência Social nem sempre atende todas as nossas necessidades, enquanto o OABPrev-SC oferece essa previsão de ter um futuro mais garantido para ter segurança e dar segurança a quem precisa de você — conta.

Com uma carteira consolidada, o plano de previdência complementar fechou o período de maio com rentabilidade bruta positiva de aproximadamente 1,20% e a rentabilidade líquida deve ficar próxima de 1,17%. Ou seja, o acumulado do ano deve ser de aproximadamente 1,88%.

Além de fazer parte de um moderno, seguro e rentável plano de aposentadoria, o participante é a parte mais importante do sistema, pois é o proprietário de todos os recursos aportados. Por tudo isso, além de proteger o advogado dos riscos sociais de sobrevivência, invalidez e morte, o OABPrev-SC é um instrumento de segurança financeira também para os dependentes.

Assista ao vídeo sobre o tema:

Acesse o canal Gestão de Valor do NSC Total.

Leia também

Com projeção internacional, setor de tecnologia expande em SC

Afinal, qual é a importância das engenharias para a sociedade?

Como a independência financeira pode ser uma ferramenta de empoderamento feminino

Colunistas