nsc
nsc

Decoração

Plantas em ambientes internos: Especialista dá dicas de como escolher as melhores espécies

Cultivar plantas em ambientes fechados não precisa ser um desafio; Invista nessa tendência que traz benefícios para o bem-estar

18/11/2021 - 17h39 - Atualizada em: 19/11/2021 - 09h22

Compartilhe

Estúdio
Por Estúdio NSC
Trazer a natureza para ambientes internos faz bem não apenas para a estética, como também para a saúde.
Trazer a natureza para ambientes internos faz bem não apenas para a estética, como também para a saúde.
(Foto: )

Estar em casa deve ser sinônimo de conforto, tranquilidade e sossego. E a decoração do lar desempenha um papel importante quando pensamos em funcionalidade e bem-estar. A organização e a disposição de cada móvel faz uma diferença e tanto, e, mais do que isso, o uso de elementos, incluindo plantas. Trazer a natureza para ambientes internos faz bem não apenas para a estética, como também para a saúde.

O sócio da FG Arquitetos Associados e especialista em paisagismo, Juliano Giuliani Pereira, explica que tanto as plantas, quanto flores, contribuem para a melhora do nosso bem-estar, e trazem a sensação de calma e aconchego para o lar.

— Flores e plantas aromáticas ou mesmo com texturas e cores têm a capacidade de impactar diretamente em nossos sentidos, contribuindo para a nossa saúde mental. Ter uma planta em qualquer ambiente é saber que tem outra vida habitando o mesmo espaço. Acreditamos muito na capacidade das plantas em transformar os espaços e na relação positiva que elas criam entre as pessoas — relata.

É importante compreender, porém, que cada planta é única e precisam ser cuidadas desta maneira. Algumas delas, por exemplo, não sobrevivem em apartamentos, pois precisam de mais espaço e cuidados específicos. Diferentemente de outros tipos, que com um pouco de dedicação, contribuem e muito para trazer a natureza para dentro do cômodo. Confira as dicas do especialista para escolher as melhores plantas para ambientes internos.

1 - Escolha plantas que sobrevivam em ambientes com pouca iluminação

As plantas realizam o processo de fotossíntese, e para que ele ocorra, precisam da luz do sol. A bióloga Silvana Silvestrin explica que sem luz, as plantas não realizam o processo e não conseguem sobreviver no local.

— Em apartamentos, o mais indicado são plantas que não toleram muita luz ou então, que não precisam receber luz diretamente — explica a bióloga.

Plantas precisam sobreviver em vasos e em locais com pouca iluminação.
Plantas precisam sobreviver em vasos e em locais com média ou pouca iluminação
(Foto: )

Espécies como orquídeas, samambaias, jiboias, suculentas e lírios-da-paz são ótimas opções para quem mora em apartamento. Deixá-las próximas a espaços com ventilação, com mais entrada de luz como na varanda ou próximo à janela, é uma boa opção.

2 - Elas precisam sobreviver em vasos

Ter plantas em apartamento tende a significar a ausência de um espaço natural especial para plantar e cultivar suas folhagens e flores. Por isso, opte por espécies que consigam sobreviver de forma saudável em vasos, que possam ser suspensas nas paredes ou em cima dos móveis.

> Arquitetura do bem-estar: Você já ouviu falar nesse conceito de morar?

Além disso, uma boa composição de plantas, mais a escolha de vasos que combinam com a decoração, transforma o ambiente não apenas em um espaço energeticamente positivo, mas agradável aos olhos.

— Plantas em vasos podem deixar o ambiente mais bonito, também ajudam na redução do nível de estresse, pois a cor verde natural na decoração tem a função de acalmar. As plantas elevam a umidade do ar no ambiente, e possuem a capacidade de refrescar o ambiente por conta da evaporação da água — enaltece Juliano.

3 - Hortas são uma boa opção

Especialmente nas varandas ou na cozinha, o cultivo de temperos e chás pode ser uma boa opção para quem mora em apartamento e busca nas plantas uma decoração mais agradável e, ao mesmo tempo, que traga benefícios medicinais, aponta a bióloga Silvana.

Para o cultivo da horta, é importante lembrar que as plantas escolhidas precisam se adaptar a vasos menores, então, a melhor escolha são espécies com raízes curtas e que crescem de maneira saudável, utilizando apenas água e terra. Agrião, tomatinhos, manjericão, melissa e orégano são algumas das opções.

Ter uma pequena horta dentro de casa, não apenas auxilia no embelezamento e nos aromas do ambiente, mas incentiva o cuidado na sua alimentação, além da possibilidade de criar um hobby.

Cuidando das plantas dentro de casa

As plantas são seres vivos, assim como todos nós, precisam de cuidados para que possam cumprir com o papel delas de purificar os ambientes e embelezá-los. Uma das dicas da bióloga Silvana é avaliar o quanto de tempo será disponibilizado para o cultivo, já que elas precisam de atenção.

— É interessante que o cuidado com as plantas seja diário, ou, se não for possível cuidá-las diariamente, então deve-se observar a necessidade de rega e de luz. Escolher espécies com cuidados semelhantes é uma opção, pois cada uma terá uma necessidade de um cuidado mais específico, como o tipo de substrato utilizado e a escolha do vaso adequado — orienta a bióloga.

As plantas são um ótimo elemento decorativo, além de melhorar a qualidade do ambientes
As plantas são um ótimo elemento decorativo, além de melhorar a qualidade do ambientes
(Foto: )

O arquiteto e paisagista Juliano ainda ressalta a importância de dialogar com o vendedor no momento da compra da planta, ou se preciso, buscar ajuda de um paisagista, principalmente para compreender quais as necessidades de luz, água e manutenção de cada espécie.

Organizando as plantas na sua decoração

Para criar um ambiente agradável aos olhos é necessário observar a composição do espaço, dos objetos da sua decoração e qual o melhor lugar para colocar as plantas, levando em consideração que para elas permanecerem fortes e saudáveis, precisam do mínimo de incidência de luz e ventilação.

> Parede verde: Conheça a tendência de arquitetura que traz benefícios para a saúde e bem-estar

O arquiteto e paisagista Juliano, orienta sempre posicionar as plantas próximo a alguma abertura, criando uma composição de vasos com plantas próximo a detalhes arquitetônicos.

— Parede com algum revestimento, ao lado de aparadores e sofá ou até mesmo no caso de um vaso grande com planta, você pode posicionar ele entre sala de estar e jantar criando uma marcação e integração dos ambientes dessa forma você consegue criar uma composição rica em cores e texturas de forma orgânica — explica.

Desta maneira, você terá não apenas um ambiente energizado, mas com aparência organizada e equilibrada.

Acesse o site da FG Arquitetos Associados e se inspire com projetos que aliam conforto e sofisticação e confira mais dicas no canal Viver a Natureza.

Leia mais

Paisagismo em apartamento: Como trazer a natureza para dentro de casa

Confira 5 tendências da arquitetura que aliam beleza e sustentabilidade

Colunistas