Balneário Camboriú é uma das cidades mais baladas no verão catarinense. Muito da fama que atrai cerca de dois milhões de turistas na temporada vem status de luxo da Dubai brasileira, como foi apelidada. Mas longe dos arranha-céus às margens da Praia Central, onde muitos famosos têm apartamentos, as praias agrestes são verdadeiros paraísos escondidos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Balneário Camboriú e região por WhatsApp

A maioria delas, aliás, tem o selo de qualidade Bandeira Azul. A reportagem do NSC Total percorreu quatro dessas praias agrestes, todas às margens da Avenida Interpraias, para te contar como são e qual a infraestrutura em cada uma delas. O fotógrafo Patrick Rodrigues fez imagens aéreas para dar a dimensão da beleza exuberante e praticamente intacta delas.

Praia de Laranjeiras

A primeira parada é na Praia de Laranjeiras, a mais movimentada das praias agrestes de Balneário Camboriú. Um dos motivos para isso é o fato de ser um dos pontos de partida e chegada no Parque Unipraias. A partir dele, é possível se divertir com bondinho e tirolesa, por exemplo. Mas é preciso pagar. Como consequência dessas atrações, a praia que tem 750 metros de extensão fica disputada no verão.

Por lá tem infraestrutura de restaurante, lojinhas, banheiros públicos. Aliás, empresas oferecem até passeios de jet ski, banana boat e lancha. A faixa de areia é bem limpinha e as análises do Instituto do Meio Ambiente de SC apontam que a água é própria para banho. O local tem posto de guarda-vidas e há sinalização com bandeiras para orientar os visitantes.

Continua depois da publicidade

Praia do Estaleirinho

Com o selo de Bandeira Azul, a Praia do Estaleirinho é um refúgio onde predomina o som do mar. Com rampa de acesso para pessoas com dificuldade de locomoção e posto de guarda-vidas, o local recebe cerca de 600 pessoas por dia. Tem alguns restaurantes na orla, mas a praia é margeada pela vegetação. Mas calma, do outro lado da rodovia tem várias pousadas e estabelecimentos comerciais.

Empresários locais contam que o selo de Bandeira Azul, conquistado pelo sexto ano consecutivo, qualificou o turismo na Praia do Estaleirinho e aumentou em 40% movimento. O último relatório do IMA confirma que a qualidade da água está apropriada para banho.

Praia de Taquarinhas

Areia fofa e água limpa. Esse é o cenário na Praia de Taquarinhas. Por ali a única infraestrutura é um estacionamento particular com área para churrasco e banho quase escondido na vegetação. Não à toa, carrega o título de praia deserta. Agora, quem não quer pagar para deixar o carro por ali precisa estacionar no mirante às margens da Avenida Interpraias, onde uma escadeira leva à areia.

Não tem posto de guarda-vidas nem banheiros públicos. Quem passa por ali, cerca de 30 pessoas por dia segundo levantamento da prefeitura, vai para contemplar a paisagem, até porque o mar é agitado.

Continua depois da publicidade

Praia do Estaleiro

Vegetação, areia e mar compõem o cenário na Praia do Estaleiro. Com selo de qualidade Bandeira Azul, são cerca de 1,7 mil metros de extensão. Quem decide curtir o dia por lá precisa estar ciente de que tem de levar comida, bebida e cadeira. No local tem posto de guarda-vidas. A água é agitada, então os banhistas precisam ficar atento à sinalização das bandeiras.

Leia mais

Como é um dia de verão na Praia do Pinho, berço do nudismo no Brasil; veja fotos

Águas cristalinas fazem de Bombinhas a península paradisíaca de SC; veja fotos

Fotos revelam belezas preservadas das praias escondidas de Penha, no entorno do Beto Carrero

Destaques do NSC Total