nsc
dc

Cidade

Prédio histórico é pichado em Florianópolis após reforma de R$ 5,8 milhões

Caso será investigado pela Polícia Federal

09/05/2022 - 17h57 - Atualizada em: 09/05/2022 - 17h58

Compartilhe

Catarina
Por Catarina Duarte
Pichação ocorreu na sexta-feira (6)
Pichação ocorreu na sexta-feira (6)
(Foto: )

O prédio da Casa da Alfândega, em Florianópolis, foi pichado na sexta-feira (6). O local foi reaberto em janeiro deste ano após passar por reformas que custaram R$ 5,8 milhões. Segundo o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Federal.

Receba notícias do DC via Telegram

O local é patrimônio cultural brasileiro e ficou quatro anos fechado para obras de restauração e modernização da parte elétrica, climatização e acessibilidade, entre outras melhorias. A reinauguração ocorreu em fevereiro deste ano.

“O Iphan/SC está tomando providências junto às autoridades policiais para identificar e responsabilizar os autores do crime e também realizará procedimentos para a reparação do dano”, disse o Iphan em nota.

Imagens de câmeras de segurança foram passadas à polícia para ajudar na investigação. Por ser um patrimônio nacional, a investigação ficará a cargo da Polícia Federal.

A pintura da parte pichada ainda não tem data para ser realizada. Conforme o Iphan, o orçamento ainda será elaborado para comprar tinta a base de cal e também contratar uma equipe para execução do serviço.

Espaço foi inaugurado em 1876

Os trabalhos de restauração da Casa da Alfândega iniciaram em 2019. O espaço foi originalmente inaugurado em 1876. As atividades alfandegárias duraram cerca de 90 anos, encerrando-se em decorrência da decadência e fechamento do porto de Florianópolis.

Depois disso, a edificação já foi sede do Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) e Museu Histórico de Santa Catarina.

Leia também 

Vestibular da UFSC para refugiados recebe inscrições até sexta-feira

Florianópolis vai implantar novo serviço de aluguel de bicicletas

Prefeitura de Florianópolis vai pagar reforma em moradia social

Colunistas