nsc

Saúde

Presidente da Granfpolis pede mais respiradores ao Ministério da Saúde

Prefeita de Rancho Queimado preside a Associação dos Municípios da Grande Florianópolis

26/02/2021 - 11h51 - Atualizada em: 26/02/2021 - 11h53

Compartilhe

Jorge
Por Jorge Jr.
Pacientes com cornavírus sofrem com a falta de leitos de UTI em Santa Catarina
Pacientes com cornavírus sofrem com a falta de leitos de UTI em Santa Catarina
(Foto: )

A Associação dos Municípios da Região da Grande Florianópolis busca por recursos para amenizar a situação de combate à covid-19 e a presidente da entidade, Cleci Veronezzi, que é prefeita do município de Rancho Queimado, esteve no Ministério da Saúde, em Brasília, para realizar o pedido de mais respiradores para as UPAs, medicamentos para entubação de pacientes, anestésicos, testes RT-PCR e EPIs.

> O que abre e fecha em SC nos próximos fins de semana com as novas restrições

> O que é lockdown e como a medida de isolamento serve contra a Covid-19

Em entrevista ao Notícia na Manhã desta sexta-feira, 26, Cleci Veronezzi comentou sobre as dificuldades que a região está enfrentando e que a decisão é de cumprir o decreto.

— Os 22 municípios vão cumprir o decreto do governador e estamos conversando para que todos os municípios sigam as mesmas regras e vamos ver o que cada um pode restringir mais. Estamos em conversa ainda.

> Fechamentos aos finais de semana: SC não tem mais chance de errar

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Cleci Veronezzi também comentou sobre a dificuldade de governar em meio à pandemia, inclusive tendo que fazer escolhas.

— A gente entende os dois lados, tem a questão da economia, tá difícil pra todo mundo a questão da pandemia, não temos como trabalhar e nem como parar. Como prefeito a gente fica com a mão um pouco atada, mas a gente precisa tomar medidas e pensar primeiro na questão da vida, da saúde e logo a gente espera que venha a vacina.

> SC tem 301 mortes por Covid-19 fora de UTIs e enfermarias

Estamos fazendo o levantamento de quantas vacinas cada município precisa e temos a possibilidade de comprarmos junto com a Fecam e já estamos montando um termo de intenção — Cleci Veronezzi

Ouça a entrevista na íntegra

Colunistas