nsc
    dc

    Respiradores

    Projeto de respiradores pulmonares de SC é aprovado pela Anvisa

    Novos modelos de respiradores pulmonares para UTIs tiveram os projetos desenvolvidos e aprovados em tempo recorde

    01/08/2020 - 06h00

    Compartilhe

    Por Fabrício Vitorino
    fabricação de respiradores
    Fabricação de respiradores, em mafra, Santa Catarina.
    (Foto: )

    Novos modelos de respiradores pulmonares para UTIs, idealizados em Santa Catarina e em São Paulo, tiveram os projetos desenvolvidos e aprovados em tempo recorde. Com apoio dos Senais de Joinville e Florianópolis, além da Associação Catarinense de Medicina, a GreyLogix, de Mafra, obteve a certificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a produção integralmente com tecnologia nacional de ventiladores, que são cruciais nos casos graves da Covid-19. A previsão é de que as duas empresas, de SC e de SP, estejam aptas a produzir de 700 a 1,1 mil equipamentos mensais, que poderão chegar ao mercado em preços menores aos do mercado.

    > Empresa de Mafra começa a produzir respiradores pulmonares

    Pesquisas analisam efeitos da Covid-19

    O combate à Covid-19 é objeto de 188 pesquisas e projetos de extensão em Santa Catarina, segundo levantamento da Fapesc. O levantamento leva em consideração os trabalhos desenvolvidos por instituições de ensino no combater à pandemia e efeitos. O número de projetos deve aumentar com o lançamento do Programa Universal de Pesquisa, que irá destinar R$ 4 milhões para todas as áreas do conhecimento. E tem gente que ainda desqualifica a ciência, a tecnologia e a pesquisa, o que é lamentável. Todo apoio aos pesquisadores, cientistas e estudantes, tão atacados e postos em dúvida nesse momento difícil. E não só de SC, mas de todo o Brasil e do mundo.

    > Compra dos respiradores em SC: o que falta ser explicado

    Fapesc lança edital de R$ 4 milhões para o Estado

    A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) lança o maior edital para investimento em pesquisa em SC. Serão destinados R$ 4 milhões para contemplar até 200 projetos de todas as regiões. Podem participar da chamada professores e pesquisadores com doutorado e que tenham vínculo com instituições de ensino e pesquisa públicas, comunitárias e privadas sem fins lucrativos. O prazo de inscrição vai até 23 de setembro. O edital pode ser acessado no site.

    O Programa de Pesquisa Universal é o mais tradicional da Fapesc, organizado pela primeira vez em 2001 e teve a última edição em 2014. Durante mais de uma década, apoiou 1.114 pesquisas, mais de 3,2 mil pesquisadores e resultou na publicação de cerca de 4 mil artigos e revistas científicas.

    Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas