nsc
hora_de_sc

Abuso sexual

Psiquiatra condenado por dopar e abusar de paciente no RJ é preso em Florianópolis

Segundo a polícia, homem estava escondido na Capital catarinense há mais de seis anos

02/12/2021 - 17h43 - Atualizada em: 02/12/2021 - 18h21

Compartilhe

Por Luana Amorim
Segundo a polícia, o homem ainda atuava como médico na Capital
Segundo a polícia, o homem ainda atuava como médico na Capital
(Foto: )

Um psiquiatra de 77 anos, condenado por abusar sexualmente de uma paciente no Rio de Janeiro, foi preso na terça-feira (30) em Florianópolis. Segundo a polícia, ele estava escondido no bairro Lagoa da Conceição. 

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, as investigações sobre o homem iniciaram em fevereiro de 2014, por meio da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Cabo Frio. 

Durante um dos atendimentos, o psiquiatra teria dopado a vítima, na época com 24 anos, com medicamentos de uso controlado e abusado sexualmente dela, segundo a polícia. O caso ocorreu durante uma consulta residencial, em Armação dos Búzios, cidade que fica na Região dos Lagos no Rio de Janeiro. 

Ainda segundo a polícia, ao término das investigações, o homem foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a oito anos e meio de reclusão pelo crime. 

Homem estava escondido há seis anos na Capital 

De acordo com a polícia, o suspeito estava escondido em Florianópolis há cerca de seis anos e meio. Ele foi localizado após uma troca de informações entre a 127º Delegacia de Polícia de Armação de Búzios e a 10º Delegacia da Capital. 

Além disso, ele continuava exercendo a profissão na cidade catarinense. De acordo com a Polícia Civil catarinense, não havia nenhuma denúncia no Estado contra o médico. 

Após o cumprimento do mandado de prisão, o homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. O nome dele não foi divulgado. 

Leia também: 

Ônibus pega fogo em Lacerdópolis e passageiros conseguem fugir a tempo

Quem é Mikaelly Martinez, a Miss Brasil Trans de SC presa por dopar e roubar clientes em programas

Marido é preso quatro dias após matar a esposa dentro de carro em Blumenau

Colunistas