nsc
santa

Avaliação

Quais os pontos fortes e fracos da Páscoa em Blumenau segundo pesquisa

Dados foram divulgados nesta quinta-feira (19/5); pesquisa ouviu mais de 250 visitantes durante os dias do evento

19/05/2022 - 14h45

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Decoração foi um dos itens mais elogiados por turistas e moradores
Decoração foi um dos itens mais elogiados por turistas e moradores
(Foto: )

Muitos elogios e algumas sugestões foram feitas por visitantes da Páscoa de Blumenau em 2022. É o que revela a pesquisa feita pela prefeitura durante os dias do evento, que terminou no dia 1º deste mês. Entre os principais pontos fortes estão a decoração na Vila Germânica, as atividades oferecidas e os brinquedos. Os pontos fracos tiveram menos força, resumindo-se a dicas pontuais de melhorias. 

> Acesse para receber as notícias do Santa por WhatsApp

A pesquisa quantitativa foi feita com moradores da cidade e turistas presentes na Páscoa em Blumenau, no período de 29 de março a 1° de maio. O questionário foi estruturado com perguntas fechadas e abertas e aplicado para 258 entrevistados. 

Os que estiveram pela primeira vez na Páscoa de Blumenau são maioria, representando 71% dos entrevistados. Destes, 67,39% são turistas e 32,61% moradores de Blumenau. A organização registrou um aumento na quantidade de pessoas que vieram de outras cidades, o que sinaliza o potencial turístico do evento. 

Em 2019, na última edição, 36% do público era formado por turistas. Neste ano foram 54%.

> 10 fotos da Páscoa em Blumenau mostram por que você deveria ter visitado o evento

Dos turistas entrevistados, 69% residem fora da microrregião de Blumenau. Catarinenses são maioria, seguidos de moradores do Acre e São Paulo. Dos visitantes das cidades vizinhas, destacam-se os de Gaspar, que representaram 28,9% do público, Indaial, com 22,2% e Brusque, com 15,6%.

Ainda segundo a pesquisa, 59% dos visitantes da Páscoa em Blumenau vieram com a família.

Os pontos fortes da Páscoa de Blumenau

A decoração foi um grande destaque para os visitantes. 

Quando perguntados espontaneamente sobre os itens de preferência, 83,7% dos entrevistados ressaltaram a decoração do Parque Vila Germânica, seguido do Parque Infantil, com 7,4% das menções, pintura de casquinhas e passeio de trenzinho, com 2,7% e 1,9%, respectivamente.

Os ouvidos avaliaram bem a limpeza, já que 94% disseram considerá-la ótima; 89% citaram a segurança como ótima também, 84% os pontos de alimentação e 81% as placas sinalizadoras.

> Período de Páscoa é oportunidade de renda extra para famílias de Blumenau e região

As principais sugestões

Detalhes precisam ser feitos para tornar o evento ainda melhor, disseram os entrevistados. Tanto que quando perguntados sobre o que faltava para a Páscoa em Blumenau ficar ainda mais bonita, 70% responderam “nada” e 12% não souberam dizer.

Apenas 9% dos entrevistados citaram que gostariam de mais opções de gastronomia. Nas mensagens que deixaram sobre sugestões, surgiram reclamações sobre o tempo de permanência nos brinquedos infantis e os preços dos ingressos e pedidos por mais opções de doces, por horário de abertura mais cedo e mais locais para sentar e comer.

Casais em alta

Com relação ao perfil dos visitantes, 54% do público foi feminino e 46% masculino. Houve um equilíbrio nesta edição, diferente do que constatado em 2019, onde o público feminino representava 70% do total. Outro dado que une-se a essa mudança é o aumento de 325% se comparado a 2019 com a quantidade de casais.

Nesta edição 34% do público foi formado por casais, já em 2019 este número era de apenas 8% do público total.

Referente à idade dos entrevistados, destaca-se que 37% são da faixa etária de 30 a 39 anos e 32% entre 40 a 49 anos. Sobre o perfil econômico dos participantes do evento, na sua maioria faziam parte das classes B e C, com 48% e 39% respectivamente.

Leia mais

Como Blumenau influenciou o novo programa do governo Bolsonaro para a infância

Pomerode define tema do Festival Gastronômico, que retorna após três anos

Médicos de Blumenau ganharão mais por hora extra, planeja município

Assista

Colunistas