nsc
dc

Mau tempo

Queda de granizo e chuva provocam estragos em SC pelo 2º dia seguido

Fenômeno de pedras de gelo atingiu cidades do Oeste, da Serra e do Sul do Estado

23/06/2022 - 07h01 - Atualizada em: 23/06/2022 - 10h46

Compartilhe

Paulo
Por Paulo Batistella
Moradores compartilharam novos relatos nas redes sociais
Moradores compartilharam novos relatos nas redes sociais
(Foto: )

Cidades de Santa Catarina voltaram a ter queda de granizo na noite desta quarta-feira (22). O fenômeno, que já havia sido registrado no dia anterior, voltou a deixar estragos. Outros municípios também têm tido transtornos, mas devido à chuva intensa.

> Receba notícias do DC via Telegram

Em Cordilheira Alta, no Oeste Catarinense, a prefeitura começou a distribuir lonas a partir da noite passada para as famílias que tiveram casas danificadas pelas pedras de gelo.

Ainda no município, os estragos pela queda de granizo se concentraram nas localidades de Linha Bento Gonçalves, Fernando Machado e General Osório. As duas primeiras delas tiveram uma escola cada com atividades suspensas nesta quinta (23), os colégios Prefeito Alceu Mazzioni e Fernando Machado, respectivamente.

Além do Oeste, o granizo chegou à Serra. Em São José do Cerrito, moradores também precisaram de lonas distribuídas pela gestão municipal para cobrir residências afetadas.

Também houve queda de granizo e estragos no Sul do Estado. Em Sombrio, o teto da recepção do Hospital Dom Joaquim desabou. O Instituto Maria Schmitt-IMAS, entidade mantenedora da unidade, comunicou que o acidente se deu devido ao alto volume de água ter entupido a calha do telhado antes da estrutura ceder. Não houve feridos.

As chuvas intensas, que têm sido registradas no Estado desde a noite de terça (21), também têm deixado transtornos. Em Campos Novos, no Meio-Oeste, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) atendeu ao menos oito ocorrências envolvendo alagamentos de residências.

No Vale do Itajaí, a enxurrada provocada pela chuva causou interdição total da rodovia SC-350 na altura de Aurora. Também na região, o munícipio de Vidal Ramos precisou suspender aulas devido aos alagamentos.

Ainda há previsão de chuva para esta quinta, em especial nas regiões mais próximas à divisa com o Rio Grande do Sul. Ao longo do dia, os temporais avançam para a Grande Florianópolis e o Vale do Itajaí. O risco de ocorrências associadas às chuvas, como novos alagamentos, é de moderado a alto, segundo a Defesa Civil catarinense.

O órgão também emitiu alertas para possíveis novos registros de queda de granizo ao menos em cidades do Oeste e do Meio-Oeste do Estado.

Veja registros do mau tempo:

Leia mais

Chapecó terá "operação de guerra" após chuva afetar 1,5 mil pessoas

Juíza de SC que impediu aborto de menina é engajada em adoção de crianças

SC mantém fila por UTI e tem dificuldade em ampliação de leitos para crianças

Colunistas