nsc
dc

Review

Confira o review da GoPro Hero 9 Black, mais novo lançamento da marca

A nova GoPro traz bateria maior, tela frontal e melhoria nos recursos de estabilização de imagem; tudo isso a um preço mais salgado

01/05/2021 - 05h00

Compartilhe

João
Por João Scheller
Parte frontal da GoPro, com destaque para a nova tela frontal ao lado do sensor da câmera
A tela frontal é um dos principais destaques da GoPro Hero 9 Black
(Foto: )

Eventualmente todo mundo já ouviu falar de uma GoPro. Seja por ouvir esse nome pipocando por aí na boca dos mais aficionados por tecnologia ou nas imagens gravadas de ângulos inusitados como no capacete de ciclistas ou numa prancha de surfe. 

As câmeras da empresa californiana estão por todos os lugares e se tornaram quase sinônimo de "câmeras de ação", mas depois de tantos lançamentos e relançamentos, será que a mais nova GoPro, a Hero 9 Black, pode ser a porta de entrada para quem nunca experimentou um modelo da marca antes? E para quem já tem uma GoPro, os novos features valem a troca? É isso que este review tenta responder para você.

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A câmera

Logo de cara, a principal diferença do novo modelo é a sua tela frontal. Agora é possível observar o que está sendo filmado e ajustar o enquadramento sem precisar olhar no display traseiro do aparelho. Uma nova tela também significa maior gasto de energia e por conta disso o novo modelo também traz novidades.

A Hero 9 Black possui uma bateria maior do que da sua antecessora e uma promessa de autonomia até 30% mais longa no novo modelo. Nos nossos testes, a câmera aguentou passeios inteiros durante algumas horas, utilizada a todo o momento, alternando entre modos de captura e com todas as telas ligadas. Quando utilizada de modo mais moderado, a GoPro aguentou um dia inteiro de gravações sem maiores problemas. De qualquer forma, a bateria é removível e pode ser substituída por outra caso não dure o suficiente para um dia de uso.

> Saiba tudo sobre o universo da tecnologia no Estado no Tech SC

Vale destacar que a câmera vem em uma espécie de estojo, ao invés de uma embalagem plástica convencional, reduzindo a produção de lixo e oferecendo um case para transporte do aparelho. No modelo que testamos, alguns acessórios já são disponibilizados, como um bastão extensor e seus adaptadores, além um grampo para prender a câmera em pranchas, por exemplo. Por falar em acessórios, pode não haver compatibilidade da nova câmera com aqueles desenvolvidos para as GoPros mais antigas, já que o novo modelo é maior do que os seus antecessores.

Embalagem da GoPro vista de cima, ao lado dos acessórios que acompanham o aparelho
A embalagem da Hero 9 Black é uma espécie de estojo, que além de ajudar no transporte do equipamento, contribui com a redução no uso de plástico
(Foto: )

Ainda sobre o corpo da câmera, as lentes da nova Hero 9 são removíveis, o que permite outras possibilidades com a troca por diferentes acessórios. O peso do novo modelo é um pouco maior do que o da GoPro Hero 8, mas nada que incomode na utilização. A câmera continua sendo a prova d'água mesmo sem a utilização de case, a até 10 metros de profundidade.

Recursos

Gravando vídeos ou capturando fotos, a GoPro Hero 9 Black oferece uma experiência completamente diferente em comparação a utilização de outras câmeras. A portabilidade, aliada aos recursos de estabilização e tratamento de imagem feitos pelo próprio dispositivo, fazem com que o usuário tente novas maneiras de utilização do aparelho e explore recursos impensáveis com uma câmera convencional.

Um bom exemplo disso é o efeito HyperSmooth. O recurso de estabilização de imagem já está presente nas câmeras da marca há algum tempo, mas foi atualizado para o lançamento da Hero 9 e os resultados são surpreendentes. A captura de vídeo se mantém estável, sem chacoalhões nas situações mais adversas, como durante uma corrida ou passeio de bicicleta. O nivelamento de horizonte também é outra opção oferecida pela Hero 9, muito útil quando se segura a câmera com as mãos sem auxílio de outros acessórios. O melhor é que todos esses processos são feitos pelo próprio dispositivo, sem necessidade de pós-produção.

> Globo passa todo o acervo para nuvem do Google

> Carteira digital da 99 está disponível em Florianópolis e Joinville

Quando aliado ao efeito de time-lapse, o HyperSmooth produz o que a GoPro chama de TimeWarp, um recurso que permite acelerar o tempo sem o incômodo balançar da câmera. Os resultados são bem positivos e muito difíceis de se obter com um aparelho celular comum, ao menos sem a utilização de dispositivos extras, como estabilizadores manuais.

A qualidade de captação é outro ponto de destaque. A Hero 9 possibilita desde filmagens em 5K a 30 quadros por segundo, até captação em 1080p a 240 quadros por segundo. Tantas possibilidades permitem ótimos efeitos de câmera lenta e imagens com altíssima resolução, que se não utilizadas em seu potencial máximo, podem ajudar muito na pós-produção.

O sensor da Hero 9 captura imagens com até 20 megapixels e possui HDR integrado. Além disso, a captação pode ser feita em diferentes configurações que variam desde um ângulo mais aberto chamado de SuperView (16mm) até a opção Estreito (27mm). Diferentes combinações podem ser salvas em configurações pré-definidas para o acesso mais rápido quando a GoPro estiver em uso.

Foto tirada com a GoPro, mostra um lago com o reflexo do céu refletido na água e um prédio ao fundo.
Foto capturada com a GoPro Hero 9 no modo Estreito; o sensor da câmera produz imagens de até 20 megapixels
(Foto: )
Foto capturada com a GoPro em ângulo aberto, mostra um prédio ao fundo, com uma escadaria em primeiro plano
Foto captura com a GoPro Hero 9 no modo Superview, que apresenta um ângulo de visão maior
(Foto: )

Utilização

Em geral, a experiência de uso é bem intuitiva. A GoPro oferece controle de suas configurações na tela touchscreen traseira, onde se pode trocar as configurações do aparelho, alternar entre modos de gravação e ver as fotos e vídeos que foram gravados. Além disso, mais opções são oferecidas ao sincronizar a câmera com o smartphone.

É possível conferir e gerenciar as fotos e vídeos tiradas com a câmera, ver o que está salvo no cartão SD (sem precisar importar os arquivos para o smartphone) ou transferir as fotos e vídeos para o celular, liberando espaço no armazenamento da GoPro. O usuário também pode controlar a câmera remotamente por meio do aplicativo e alterar configurações sem tocar no aparelho.

> Empresa de SC desenvolve tecnologia que pode prever defeitos em sistemas de energia

> Clubhouse: o que é e como funciona a rede social

A experiência do app ganhou mais recursos com o recente lançamento do Quick, aplicativo repaginado da empresa, onde são oferecidos novos recursos de edição e tratamento de imagens, além de novas opções para armazenamento das fotos e vídeos. A ideia é organizar sua biblioteca de imagens por meio do aplicativo e compartilhá-la com amigos e familiares. Boa parte dos recursos mais interessantes do aplicativo, como o armazenamento ilimitado em nuvem, só estão disponíveis por meio de assinatura, que na data de lançamento é de R$37,99/ano ou R$7,50/mês.

Por falar em assinatura, a GoPro também oferece outras vantagens para aqueles optarem pelos planos de R$159,90/ano ou R$15,90/mês, que incluem descontos na compra de novas câmeras e acessórios, transmissão ao vivo por meio do aplicativo da GoPro, além da substituição da câmera em caso de quebra. Cabe ao usuário decidir se o preço vale a pena baseado no seu estilo de utilização do equipamento.

Vale a pena?

A nova GoPro Hero 9 Black com certeza traz diversas novidades em comparação a sua antecessora e principalmente em comparação a câmeras mais antigas da marca. Com as novidades também veio o aumento de preço, que aqui no Brasil é ainda mais impactado pela alta do dólar. A câmera tem preço sugerido de $ 500 nos Estados Unidos e desembarcou no Brasil por R$ 4.899, mas depois de alguns meses de lançamento, já é possível encontrar a Hero 9 por cerca de R$ 3.500 em diferentes lojas de varejo.

A nova câmera da GoPro traz novos recursos que realmente fazem a diferença na hora de filmar ou fotografar com o equipamento. A tela frontal e a bateria maior são ótimas adições para o novo modelo, assim como a melhoria nos recursos de estabilização e nivelamento de imagens. Muitos dessas opções, porém, já estavam disponíveis nas últimas câmeras lançadas pela empresa – mesmo que com qualidade inferior.

Cabe, então, a decisão entre ter os novos e melhores recursos contra um preço que também é consideravelmente mais salgado. De qualquer forma, a nova GoPro Hero 9 Black se mostra uma grata surpresa, provando que não é preciso reinventar a roda, mas sim focar na experiência do usuário, para oferecer um produto novo e interessante ao mercado.

> Facebook é notificado em Florianópolis por suposto vazamento de dados

> Facebook cria salas de áudio para rivalizar com Clubhouse

Colunistas