nsc
santa

Solidariedade

Rifa de Fusca para pagar faculdade de Medicina em Blumenau tem números vendidos em uma semana

Reportagem publicada pelo Santa no dia 2 deste mês trouxe à tona a história de Pietra Bianca e Walter Lautenschlager

09/08/2021 - 10h15 - Atualizada em: 09/08/2021 - 13h34

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
Talita
Por Talita Catie
Walter e Pietra ao lado do Fusquinha 76.
Walter e Pietra ao lado do Fusquinha 76.
(Foto: )

Esgotados. Todos os números da rifa do Fusca de seu Walter Lautenschlager foram vendidos menos de uma semana depois de reportagem publicada pelo Santa. O avô colocou o carro antigo à disposição do sorteio para ajudar a neta, Pietra Bianca, a pagar a faculdade de Medicina. A história da família repercutiu nacionalmente na última semana e os 1 mil bilhetes disponíveis chegaram ao fim.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

A corrente do bem começou após a história dos blumenauenses viralizar. Sem dinheiro para pagar a mensalidade, porém com o sonho de virar médica, Pietra viu a dívida com a universidade chegar a R$ 28 mil. O ímpeto do avô de vender o Fusca ano 1976, então, se transformou na ideia de rifá-lo — o que, consequentemente, aumentaria o potencial de captação de recursos por parte da família.

Tá bonitão o Fusca, hein?
Tá bonitão o Fusca, hein?
(Foto: )

Deu certo. Neste fim de semana, em uma rede social voltada para divulgar a iniciativa, a família confirmou que todos os números haviam sido comercializados. Com isso, os compradores já podem viver a expectativa pelo sorteio, que ocorrerá no próximo sábado (14), pela Loteria Federal — como é de praxe, neste caso. O ganhador poderá levar para casa o veículo antigo que foi comprado e reformado há cerca de dois anos por Walter.

Clique aqui e relembre a história de Pietra, Walter e do Fusquinha 76.

Leia mais

Transporte coletivo de Blumenau já não anda com as próprias rodas

Alexandro Fernandes assume a Seterb na condição de bombeiro

Colunistas