A Polícia Rodoviária Federal vai aumentar a fiscalização nas rodovias de Santa Catarina no feriadão de 7 de Setembro. Os motoristas que pegarem a estrada vão notar um reforço policial durante pelo menos cinco dias, a começar pela madrugada desta sexta-feira (3). As ações devem contar com blitz em diferentes pontos do Estado, além de uso de radares móveis.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Os pontos em que ocorrem os números mais altos de ultrapassagens proibidas e acidentes graves devem ser monitorados com mais frequência pelos policiais durante a Operação Independência.

Além disso, as abordagens devem ser frequentes nas estradas federais. A ideia é averiguar se os equipamentos de segurança, como cinto, cadeirinha para crianças e capacete são usados adequadamente e se os motoristas não ingeriram álcool antes de pegar a estrada.

– O objetivo principal é prevenir condutas que aumentam o risco de ocorrências graves ou que agravem as lesões das vítimas – disse o Chefe do Núcleo de Comunicação Social da PRF em SC, Adriano Fiamoncini.

Continua depois da publicidade

O efetivo ordinário será reforçado com policiais da área administrativa, de grupos especiais como o Comando de Operações Especiais (COE) e Grupo de Motociclismo Regional (GMR), e com policiais convocados para trabalhar no período de folga.

Rodovias federais mais perigosas

Polícia deve se posicionar em regiões onde costumam acontecer acidentes mais graves
Objeto da operação é reduzir número de mortes e de acidentes graves em SC (Foto: PRF)

Em Santa Catarina, duas regiões por onde passam rodovias federais costumam registrar números mais altos de acidentes, especialmente em feriadões. Entre os trechos mais críticos, muito por conta do alto movimento, é o da Grande Florianópolis.

Na região, os acidentes costumam ocorrer na BR-101, entre Palhoça e Biguaçu, e na BR-282, até Alfredo Wagner. Já no Vale do Itajaí, a área que demanda mais atenção dos condutores é entre Navegantes e Blumenau, na BR-470.

Em 2020, neste mesmo período, a PRF registrou 124 acidentes, nos quais 132 pessoas ficaram feridas e 11 morreram nas rodovias federais de SC. Na ocasião, no entanto, o número de usuários era menor na rodovia, por conta da pandemia do coronavírus.

Continua depois da publicidade

Quarta-feira, 8 de setembro

Considerando que dia 08 de setembro é feriado em Curitiba, no Paraná, a PRF espera um grande fluxo de veículos paranaenses nas rodovias do Norte de SC (BR-101 e BR-280), principalmente nos acessos às praias.

Dicas para evitar acidentes graves:

• todos os ocupantes devem usar cinto de segurança, inclusive no banco traseiro;

• acenda os faróis durante o dia, mesmo fora das rodovias;

• respeite o limite de velocidade;

• somente ultrapasse com segurança e em local permitido;

• não transite pelo acostamento;

• não manipule o celular enquanto dirige;

• mantenha uma distância de segurança para o veículo que segue à frente;

• diminua a velocidade em trechos urbanizados das rodovias;

• se beber, não dirija.

Leia também

Incêndio destrói indústria e deixa feridos em Xaxim, no Oeste de SC; veja vídeo

Como votaram os senadores de SC na MP que criaria trabalho sem férias nem 13º

Teve reação à vacina da Covid-19? Saiba o que fazer

Entenda o conflito no Afeganistão com volta do Talibã ao poder em 10 perguntas e respostas​​​​

Variante Delta: veja a eficácia de cada uma das vacinas da Covid​​

Destaques do NSC Total